Diferenças entre edições de "Madame du Barry"

2 bytes adicionados ,  14h25min de 25 de abril de 2019
sem resumo de edição
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de Raoul Eugene, com Reversão e avisos)
Jeanne Bécu nasceu em Vaucouleurs, na [[Lorena (França)|Lorena]], filha ilegítima de Anne Bécu – cozinheira ou costureira e de pai desconhecido, provavelmente um [[frade]] do [[convento]] de Picpus, em [[Paris]], de nome Jean-Baptiste Gormand de Vaubernier.
 
Graças a um amante de sua mãe, Nicolas Rançon, a pequena Jeanne pôde ser educada num convento, onde recebeu uma educação muito superior à que poderia esperar, em função de sua condição social humilde.
 
, onde recebeu uma educação muito superior à que poderia esperar, em função de sua condição social humilde.
 
Aos 15 anos de idade abandona o convento, e usando o nome de Jeanne Rançon, ganha a vida em diversas actividades, desde aprendiz de cabeleireira a camareira de uma família de posses, passando por empregada de balcão de uma conhecida e elegante loja, ''La Toilette''. Pôde assim observar – e absorver – o mundo das mais altas esferas da sociedade parisiense.
Utilizador anónimo