Abrir menu principal

Alterações

sem resumo de edição
 
Em dezembro de 2015, o Presidente interino da Federação Chilena de Futebol revelou que Sampaoli recebia um salário de 200 milhões de pesos, o que revoltou os principais clubes do país, que não concordaram com esse valor. <ref>{{Citar web|url=http://www.espn.com.br/noticia/565461_clubes-chilenos-se-revoltam-com-salario-de-sampaoli-mais-de-r-11-milhao-por-mes|título=Clubes chilenos se revoltam com salário de Sampaoli: mais de R$ 1,1 milhão por mês|publicado=Espn|data=18 de dezembro de 2015|acessodata=6 de março de 2019}}</ref> Sampaoli ficou muito decepcionado por ter tido seu salário divulgado. Além disso, o Presidente da Federação Chilena, Sergio Jadue, foi acusado de corrupção. Como ele e Sampaoli mantinham boa relação, isso desgastou a imagem do treinador no Chile. A nova direção da Federação Chilena também questionou valores que foram pagos a Sampaoli. Devido a todos esses fatores, a situação de Sampaoli no Chile se complicou e, em 19 de janeiro de 2016, o treinador deixou a seleção.<ref>{{Citar web|url=http://globoesporte.globo.com/futebol/futebol-internacional/noticia/2016/01/jorge-sampaoli-chega-acordo-com-anfp-e-deixa-o-chile-apos-tres-anos.html|título=Jorge Sampaoli chega a acordo com ANFP e deixa o Chile após três anos|publicado=Globo Esporte|data=19 de janeiro de 2016|acessodata=6 de março de 2019}}</ref> <ref>{{Citar web|url=https://oglobo.globo.com/esportes/jorge-sampaoli-deixa-comando-do-chile-18509959|título=Jorge Sampaoli deixa o comando do Chile|publicado=O Globo|data=19 de janeiro de 2016|acessodata=6 de março de 2019}}</ref>
 
Em 2017, um jornal revelou que, no período em que Sampaoli foi técnico do Chile, os jogadores cometeram muitos problemas comportamentais, exagerando nas bebidas e festas e que o próprio treinador chegou a dizer que, desse jeito, o Chile não se classificaria para a [[Copa do Mundo FIFA de 2018|Copa do Mundo de 2018]].<ref>{{Citar periódico|titulo=Revelando polêmicas da seleção chilena, Sampaoli teve ‘profecia’ concretizada|publicado= Gazeta Esportiva|url=https://www.gazetaesportiva.com/bastidores/revelando-polemicas-da-selecao-chilena-sampaoli-teve-profecia-concretizada/}}</ref>
 
Jorge Sampaoli comandou o Chile por 44 jogos, com 27 vitórias, 9 empates e 8 derrotas; 89 gols marcados e 44 sofridos.
Mas, nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, a Argentina não exibiu bom futebol, obteve seguidos resultados negativos e esteve ameaçada de não ir ao Mundial. O time só se classificou na última rodada, com uma vitória por 3 a 1 sobre o [[Seleção Equatoriana de Futebol|Equador]] fora de casa. Sampaoli passou a ser extremamente contestado na Argentina.
 
Na [[Copa do Mundo FIFA de 2018|Copa do Mundo de 2018]], disputada na [[Rússia]], a Argentina continuou mal. O time só empatou em 1 a 1 na estreia contra a [[Islândia]]. Depois, foi atropelado pela [[Seleção Croata de Futebol|Croácia]], perdendo por 3 a 0. No último jogo, o time venceu com dificuldade a [[Seleção Nigeriana de Futebol|Nigéria]] por 2 a 1, conseguindo a classificação para a próxima fase. Nas Oitavas-de-Final, a Argentina ainda fez uma grande partida contra a [[Seleção Francesa de Futebol|França]], mas perdeu por 4 a 3, sendo eliminada. Durante a Copa, além do futebol ruim e irregular da Argentina, Sampaoli perdeu o comando do grupo e a imprensa divulgou que os próprios jogadores passaram a escalar a equipe. <ref>{{Citar periódico|titulo=Sampaoli perde poder e jogadores vão decidir quem serão titulares da Argentina|jornal= Esporte iG|url=https://esporte.ig.com.br/futebol/copa-do-mundo-2018/2018-06-24/argentina-sampaoli-perde-poder.html}}</ref> <ref>{{Citar periódico|titulo=Argentina: Mascherano 'assume' posto de auxiliar técnico e escala time com Sampaoli|jornal= Espn|url=http://www.espn.com.br/futebol/artigo/_/id/4460342/argentina-mascherano-assume-posto-de-auxiliar-tecnico-e-escala-time-com-sampaoli}}</ref> Sampaoli foi muito criticado pelana torcida argentinaArgentina por não definir um esquema tático, sempre mudar o time titular e por escalar jogadores fora de suas posições.<ref>{{Citar periódico|titulo=Os cinco grandes erros de Jorge Sampaoli na seleção argentina|jornal= Terra|url=https://www.goal.com/br/not%C3%ADcias/os-cinco-grandes-erros-de-jorge-sampaoli-na-selecao/300ajwjfsm551qm9j5d4tfue1}}</ref> Apesar de tudo, após a eliminação na Copa, o treinador chegoudescartou pedir demissão e a descartarAssociação pedirde demissãoFutebol Argentina considerou muito cara a multa rescisória, prevista em contrato, para demitir o quetreinador. Isso levantou a possibilidade delede Sampaoli continuar na seleção.<ref>{{Citar periódico|titulo=Sampaoli descarta pedir demissão após eliminação da Argentina|jornal= Agência Brasil|url=http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2018-06/sampaoli-descarta-pedir-demissao-apos-eliminacao-da-argentina}}</ref> <ref>{{Citar periódico|titulo=Argentina sonha com a saída de Sampaoli, mas multa milionária o protege|jornal= Esporte IG|url=https://esporte.ig.com.br/futebol/copa-do-mundo-2018/2018-07-02/jorge-sampaoli-argentina.html}}</ref>
 
Em 15 de julho de 2018, a [[Associação de Futebol Argentina]] confirmou a rescisão de contrato com Sampaoli.<ref>{{Citar web|url=https://www.gazetaesportiva.com/times/argentina/afa-pechincha-multa-rescisoria-e-sampaoli-da-adeus-selecao-argentina/|título=AFA pechincha multa rescisória, e Sampaoli dá adeus à seleção argentina|publicado=Gazeta Esportiva|data=15 de julho de 2018|acessodata=15 de julho de 2018}}</ref> O treinador comandou a Argentina por 15 jogos, com 7 vitórias, 4 empates e 4 derrotas.
578

edições