Abrir menu principal

Alterações

Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14)
 
===Condenação das Nações Unidas===
Em 16 de dezembro de 1982, a [[Assembleia-Geral das Nações Unidas]] condenou o massacre declarando-o um ato de [[genocídio]].<ref>{{en}} [http://daccess-dds-ny.un.org/doc/RESOLUTION/GEN/NR0/426/01/IMG/NR042601.pdf?OpenElement Resolução 37/123 da Assembleia-Geral da ONU, adoptada entre 16 e 20 de dezembro de 1982.] {{Wayback|url=http://daccess-dds-ny.un.org/doc/RESOLUTION/GEN/NR0/426/01/IMG/NR042601.pdf?OpenElement |date=20120429183049 }} Acedido em 20 de janeiro de 2010.</ref><ref>[http://www.un.org/documents/ga/res/37/a37r123.htm A/RES/37/123(A-F)] [http://www.un.org/Depts/dhl/res/resa37.htm Adotado na reunião do plenário da 108ª Assembleia-Geral da ONU], 16 de dezembro de 1982 e na 112ª reunião do plenário, em 20 de dezembro de 1982.</ref> A secção D da resolução, que "definiu o massacre como um ato de genocídio", foi adotada por 123 votos a favor, 0 contra e 22 abstenções.<ref>[http://unbisnet.un.org:8080/ipac20/ipac.jsp?session=1S955B254855G.259447&menu=search&aspect=power&npp=50&ipp=20&spp=20&profile=voting&ri=1&source=%7E%21horizon&index=.VM&term=ares37123d&aspect=power&x=0&y=0 Voting Summary U.N. General Assembly Resolution 37/123D]</ref><ref name="LK-37">Leo Kuper, "Theoretical Issues Relating to Genocide: Uses and Abuses", in George J. Andreopoulos, ''Genocide: Conceptual and Historical Dimensions'', University of Pennsylvania Press, 1997, ISBN 0812216164, p. 37.</ref><ref name=WS-455>William Schabas, ''Genocide in International Law. The Crimes of Crimes'', p. 455</ref>
 
== Repercussão ==
226 962

edições