Diferenças entre edições de "Hermafrodita"

Sem alteração do tamanho ,  01h28min de 9 de maio de 2019
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 2804:7f7:a6a1:e740:addd:1ccb:8b7c:f1d1, com Reversão e avisos
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 2804:7f7:a6a1:e740:addd:1ccb:8b7c:f1d1, com Reversão e avisos)
== Hermafroditismo humano ==
Existem três tipos de hermafroditismo humano: o hermafroditismo verdadeiro, o [[pseudo-hermafroditismo]] masculino e o pseudo-hermafroditismo feminino:
* No hermafroditismo verdadeiro as crianças nascem com os dois órgãos sexuais bem formados, possuindo os órgãos sexuais internos e esternosexternos de ambos os sexos, incluindo [[ovário]]s, [[útero]], [[vagina]], [[testículo]]s e [[pênis]]. No hermafroditismo verdadeiro a maioria das pessoas são do sexo feminino (cromossomos XX) e a formação dos órgãos sexuais masculinos é atribuída a causas ainda não totalmente conhecidas.<ref name="RMuniz">{{citar web | titulo = Principal causa do hermafroditismo é mutação genética | url = http://g1.globo.com/Noticias/Ciencia/0,,MUL1301395-5603,00.html | autor = Ricardo Muniz | publicado = [[Globo]] | data = 11/09/09 |acessodata= 2009-09-17}}</ref>
* No pseudo-hermafroditismo masculino a criança nasce como do sexo masculino (cromossomos XY) embora os órgãos sexuais externos não se desenvolvam completamente.
* No pseudo-hermafroditismo feminino a criança nasce como do sexo feminino (cromossomos XX) embora o [[clítoris]] desenvolva-se excessivamente adquirindo um formato semelhante a um pênis ([[Clitoromegalia]]). Atribui-se uma suposta causa não genética para o pseudo-hermafroditismo feminino aos efeitos dos medicamentos utilizados no tratamento da [[hiperplasia congênita das suprarrenais]] (HCSR) por deficiência da 21-Hidroxilase, uma doença genética que necessita de tratamento permanente e que em alguns casos não é interrompido por gestantes que não sabem se estão grávidas.
75 897

edições