Diferenças entre edições de "Prêmio Arte Qualidade Brasil"

39 bytes adicionados ,  23h06min de 15 de maio de 2019
Resgatando 0 fontes e marcando 1 como inativas. #IABot (v2.0beta14)
(Resgatando 0 fontes e marcando 1 como inativas. #IABot (v2.0beta14))
Alguns anos após a realização da primeira edição do Prêmio Qualidade no Brasil, a Associação Prêmio Qualidade Brasil introduziu em São Paulo algumas homenagens a artistas e esportistas como forma de reconhecer e incentivar a qualidade da produção cultural brasileira. Desde sua reformulação em 1999, o prêmio tem a concepção e realização do produtor Sergio Paixão. O período utilizado nas indicações compreende o mês de setembro no ano anterior até outubro no ano vigente.
 
A partir do ano 2000, além de São Paulo, o Rio de Janeiro também ganhou uma cerimônia de entrega do Prêmio Qualidade Brasil. Juntas as duas cerimônias tinham o objetivo de estimular a qualidade e reconhecer o empenho de artistas profissionais de teatro, televisão e cinema. Em 2009, o prêmio iniciou um novo processo de reformulação com a realização de uma cerimônia de entrega do prêmio de teatro e televisão no Rio. Esse formato durou até 2011. Nesse ano, para reforçar o caráter artístico, o prêmio passou a se chamar '''Prêmio Arte Qualidade Brasil'''. Depois de não ser realizado em 2012, o prêmio voltou em 2013 à capital paulista celebrando os grandes destaques do teatro que cumpriram temporada na cidade. Desde então, São Paulo tem sido o palco da premiação, que agora é exclusiva para o teatro.<ref>[http://correiopaulista.com/2013/marcello-airoldi-ganha-premio-de-melhor-ator-da-temporada-em-sao-paulo/ Marcello Airoldi ganha prêmio de Melhor Ator da temporada em São Paulo]{{Ligação inativa|1={{subst:DATA}} }} ''Correio Paulista''. (Dezembro, 2015).</ref>
 
{{Referências}}
230 298

edições