Diferenças entre edições de "Pegu"

5 945 bytes removidos ,  04h33min de 16 de maio de 2019
Removendo tudo que não tinha fonte.
m (Renato de carvalho ferreira moveu Bago (Myanmar) para seu redirecionamento Pegu: Não é anteriormente, é hoje ainda.)
(Removendo tudo que não tinha fonte.)
{{Info/Assentamento
| nome = Bago<br />Pegu
|assentamento_tipo = Cidade
| nome_nativo = {{nobold|lang=my|ပဲခူးမြို့}}
| imagem_horizonte = Bago-Rundblick von Mahazedi Paya (4).JPG
| imagem_mapa =
| mapa_legenda =
| mapa_alfinete = Myanmar
| mapa_alfinete_posição = bottom
| mapa_alfinete_legenda = Localização de Bago em MyanmarPegu
|latd=17 |latm=20 |lats=12 |latNS=N
|longd=96 |longm=28 |longs=47 |longEW=E
| subdivisão_tipo = País
| subdivisão_nome = {{flag|Myanmar}}
| subdivisão_tipo1 = [[Divisões administrativas de Myanmar|DivisãoRegião]]
| subdivisão_nome1 = {{flag|Bago[[Pegu (região)}}|Pegu]]
| estabelecido_título = Fundado
| estabelecido_data = 1152CE
| unit_pref = Imperial
| area_total_km2 =
| autitude_m = 4
| autitude_ft =
| população_total = 491,434
| população_em = 2014
| população_densidade_km2 = auto
| população_vazio1_título = Etnias
| população_vazio1 = [[Bamar]], [[Shan (povo)|Shan]], [[Chinês birmanês]], [[Índios birmaneses]], [[Karen (povo)|Kayin]]
| população_vazio2_title = Religiões
| população_vazio2 = [[Budismo]]
| website =
| timezone = [[Horário padrão Myanmar|MMT]]
| utc_offset = +6.30
}}
'''Pegu''' ou '''Bago''' é uma cidade e a capital da [[regiões do Mianmar|região]] de [[Pegu (região)|Pegu]] em [[Mianmar]].<ref>{{cite EB1911 |wstitle=Pegu |volume=21 |page=58}}</ref>
[[Ficheiro:Myanmar-Loc-Pegu-Division.png|thumb|Localização do Pegu]]
[[Ficheiro:Shwethalyaungbuddhabago.jpg|thumb|right|O Buda inclinado de Shwethalyaung, de 54 m de comprimento, construido em 994 depois de J. C. pelo rei Migadepa]]
'''Bago''' (anteriormente soletrado '''Pegu''';<ref>{{cite EB1911 |wstitle=Pegu |volume=21 |page=58}}</ref> <!--{{MYname|MY={{my|ပဲခူးမြို့}}|MLCTS=pai: khu: mrui.}}, {{IPA-my|bəɡó mjo̰|IPA}}; {{lang-mnw|ဗဂေါ}}, {{IPA-mnw|həkɜ̀|}}), anteriormente conhecido como '''Hanthawaddy''' ({{Lang-my|ဟံသာဝတီ }}; {{Lang-mnw|ဟံသာဝတဳ}} {{transl|mnw|Hongsawatoi}}; {{Lang-pi|italic=yes|Haṃsāvatī}};--> significando "Ela que tem [[Cisne|Cisnes]]"), é uma cidade e a capital da [[Região de Bago]] em [[Myanmar]]. Está localizada a 91 km a nordeste de [[Yangon]].
 
== Notas e {{referências ==}}
== História ==
Pegu foi uma das três capitais dos [[Povo Mon|Môns]], com [[Thaton]], situada mais a leste, e [[Nakhon Pathom]], hoje na [[Tailândia]].
 
== Ligações externas ==
Segundo a lenda, foram duas princesas mônes de [[Thaton]] que teriam fundado a cidade em [[573]] da nossa era, depois de preságio favorável: um casal de gansos sagrados bramânicos teriam pousado sobre uma minúscula ilha do [[golfo de Martabão]], tão pequena que a fêmea, teve que pousar sobre as costas do macho.<ref> Conta-se com humor que vem daí a reputação que têm as mulheres da região de estarem sempre "nas costas" dos maridos — como a dos homens do Pegu de serem mais cavalheirescos que os birmaneses em geral.</ref> Vem desse casal lendário o primeiro nome do Pegu, ''Hamsawaddy'' ou ''Hanthawaddy'', o « reino do ganso », e o símbolo do Pegu, uma ''hamsa'' (ganso ou cisne fêmea, que monta o deus [[Brahmâ]]), e também o selo da [[Bago (divisão)|divisão de bago]], que leva dois gansos sobrepostos.
 
Desde o [[século VIII]], o Reino de Pegu perdeu toda a sua importância de eras anteriores e acabou sendo incorporado no Reino de Thaton.
 
Caíu com todos os demais domínios dos Môn do oeste sob dominação da etnia Birmane do [[Reino de Pagan]] em [[1057]].
Apesar de uma revolta em [[1084]], os [[Povo Mon|Môns]] só readquiriram a indepêndencia depois da queda de [[Pagan]] na guerra contra os [[mongóis]] em [[1287]].
 
Uma dinastia Môn estabeleceu-se, então, na [[Baixa Birmânia]], ao princípio em [[Martabão]], e depois em Pegu. De [[1369]] à [[1539]], a capital do Reino Môn de [[Ramanadesa]] tinha o nome de [[Hanthawaddy]].
 
Durante o reinado de [[Rajadhirat]] ([[1383]] - [[1421]]), Pegu esteve em guerra contínua com o reino Birmanês de [[Ava (Birmânia)|Ava]]. O reinado da Raínha [[Baña Thau]] (em birmanês ''Shin Saw Bu'', [[1453]]-[[1472|72]]) foi, porém, em geral, pacífico. Ela escolheu o monge budista [[Dhammazedi]] para lhe suceder ([[1472]]-[[1492|92]]). Com ele, Pegu transformou-se num centro de comércio e do [[budismo teravada]].
 
A região cai de novo sob dominação birmanesa em [[1539]], anexada pelo rei [[Tabinshwehti]]. Os soberanos da [[dinastia Taungû]] fazem de Pegu sua capital, mas perdem-na em [[1599]], para mais tarde a recuperarem de novo, em [[1613]], com a queda de [[Sirião]] do [[Descobrimentos portugueses|português]] [[Filipe de Brito e Nicote]]. Salvador Ribeiro de Sousa distinguiu-se com um punhado de homens, desbaratando uma esquadra de mais de 1000 barcos e 40.000 homens que o cercavam, que acabaram por retirar depois de muitas baixas. A fama desta e outras proezas correu o Indo-China e os habitantes de '''Pegu''' deram a sua Corôa a este guerreiro português, na ausência de Picote. As façanhas de Salvador Ribeiro de Sousa deram pretexto para assunto de [[romance em verso]] de Morais Sarmento, intitulado "O Massinga". Utilisam-na, a partir de então, como base para incursões sobre o [[Sião]]. A vila é um porto importante, frequentado por muitos europeus, nomeadamente portugueses, mas muito exposta a ataques: os birmaneses transferem, então, de novo, a sua capital para [[Ava (Birmânia)|Ava]] em [[1634]].
 
Em [[1740]], os [[Povo Mon|Môns]] revoltam-se e conhecem um breve período de independência, mas o rei birmanês [[Alaungpaya]] saqueia e destroi completamente e cidade em [[1757]].
 
Pegu é reconstruída pelo rei [[Bodawpaya]] ([[1782]]-[[1819]]). Entretanto o rio tinha mudado de lugar, e a cidade encontrava-se cortada do acesso ao mar. Nunca mais recuperaria a sua importância de outros tempos. Depois da [[Segunda Guerra Anglo-Birmanesa]], os ingleses anexariam Pegu, em [[1852]], e em [[1862]], criam a "província da [[Raj britânico|Birmânia Britânica]]" e deslocam a capital para [[Rangum]].
 
Salvador Ribeiro de Sousa, acima referido, escreveu um "Breve Discurso, em que se contém a conquista do Reyno de Pegu na India Oriental, feita pelos Portugueses no tempo do Viso-Rey Ayres de Saldanha; sendo capitam Salvador Ribeiro de Sousa, chamado Massinga, natural de Guimaraens, a quem os naturaes de Pegú elegerão por seu Rey no anno de 1601". O escrito compõe-se de 12 páginas e constitui uma terceira parte da edição da "Peregrinação", de Fernão Mendes Pinto, feita no ano de 1762, na oficina de Joam de Aquino Bulhoens.
 
== Lugares interessantes ==
[[Ficheiro:Shwemawdaw Pagoda, Bago.jpg|thumb|Pagoda Shwemawdaw]]
* Buda inclinado de Shwethalyaung
* Shwemawdaw Paya
* Kyaikpun Paya
* Palácio de Kanbawzathadi
* Maha Kalyani Sima
* Mahazedi Paya
* Shwegugale Paya
* Bago Degree College
 
== Notas e referências ==
* {{1911}}
{{commonscat|Bago, Myanmar}}
{{Portal3|Myanmar|Cliopédia}}
<references/>
{{CoorHeader|17|20||N|96|29||E|type:city|display=title}}
 
{{Portal3|Myanmar|Cliopédia}}
 
[[Categoria:Cidades de Mianmar]]