Abrir menu principal

Alterações

 
===Parcerias de negócios===
Em 1859, Rockefeller entrou num negócio com seu parceiro Maurice B. Clark com US$4 mil de capital. Tornou-se rapidamente um homem de negócios, [http://mon.net.br/ceahy ganhando dinheiro] a cada ano que passava{{Sfn | Segall | 2001 | p = 25}}. Após o atacado de alimentos, os parceiros construíram uma refinaria de petróleo em 1863 em "The Flats", na área industrial de Cleveland. A refinaria pertencera a Andrews, Clark e Companhia, composta por Clark & Rockefeller, pelo químico Samuel Andrews e pelos dois irmãos de Clark. O óleo de baleia se tornara muito caro para a população e era necessário um combustível mais barato para a iluminação{{Sfn | Chernow | 1998 | pp = 73–74}}.
 
Enquanto seu irmão Frank lutava na [[Guerra de Secessão|Guerra Civil]], Rockefeller cuidava de seu negócio e contratava soldados substitutos. Deu dinheiro para a causa da União, como muitos ricos, para fugir do combate{{Sfn | Segall | 2001 | p = 28}}. Em fevereiro de 1865, no que mais tarde foi descrito pelo historiador do setor do petróleo Daniel Yergin como uma "situação crítica", Rockefeller comprou a parte dos irmãos Clark por US$72.500 e estabeleceu a firma Rockefeller & Andrews. Rockefeller disse: "Esse é o dia que determinará a minha carreira"{{Sfn | Segall | 2001 | p = 32}}. Estava bem posicionado para tirar vantagem do pós-guerra e a grande expansão do oeste o favoreceria, fomentado pelo crescimento das ferrovias e a economia movida a petróleo. Fez grandes empréstimos, reinvestiu lucros, adaptou-se rapidamente às mudanças do mercado e colocou observadores em campo para acompanhar a rápida expansão do setor{{Sfn | Segall | 2001 | pp = 32, 35}}.
6

edições