Abrir menu principal

Alterações

melhorando com fontes e imagem
As '''hormonas da tiroide''' ou '''hormônios tireoides''' ([[tiroxina]] (T<sub>4</sub>) e [[tri-iodotironina]] (T<sub>3</sub>)) são [[hormona]]s produzidas pela [[tiroide]] a partir de [[iodo]] e de um [[aminoácido]] denominado [[tirosina]]. A tiroide produz maioritariamente T<sub>4</sub>. A T<sub>4</sub> atua como [[pró-hormona]], relativamente pouco ativa, sendo depois convertida em T<sub>3</sub>, mais ativa. A conversão de T<sub>4</sub> em T<sub>3</sub> ocorre nas [[célula]]s sob o efeito da [[enzima]] [[deiodinase]].
 
Sua produção é regulada pelo [[hormônio tireoestimulante]], mais conhecido pela sua sigla em inglês TSH (''thyroid-stimulating hormone'') liberado pela [[hipófise]], que por sua vez é regulada pelo [[hormônio liberador de tireotrofina]] (TRH) produzido pelo [[hipotálamo]].<ref>Boron, WF.; Boulpaep, EL. (2012). Medical Physiology (2nd ed.). Philadelphia: Saunders. p. 1052. ISBN 978-1-4377-1753-2.</ref>
 
== Função ==
As hormonas da tirdoide são essenciais para o correto crescimento e desenvolvimento, para a multiplicação e [[diferenciação celular]] de todas as células do organismo, principalmente do [[sistema nervoso central]], do [[esqueleto]] e das raízes dentárias.<ref>{{Citar periódico |jornal=Pediatr Endocrinol Diabetes Metab. |ano=2010 |volume=16 |número=2 |páginas=100-8 |título=Evaluation of mental development of children with congenital hypothyroidism detected in screening test--personal observations |autores=Kik E, Noczyńska A. Klinika Endokrynologii i Diabetologii Wieku Rozwojowego Akademii Medycznej we Wrocławiu}}</ref> Regulam também o [[metabolismo]] basal das [[proteína]]s, dos [[lípidos]] e dos [[hidratos de carbono]]. Exercem também um efeito permissivo na ação de outras hormonas e de [[neurotransmissor]]es.
 
== Calcitonina ==
A glândula tireoide também produz o hormônio [[calcitonina]], que ajuda a regular os níveis de [[cálcio]] no sangue ([[calcemia]]). As células parafoliculares produzem calcitonina em resposta ao alto nível de cálcio no sangue. A calcitonina diminui a liberação de cálcio do osso, diminuindo a atividade dos [[osteoclasto]]s, células que quebram o osso para sua remodelação. O osso é constantemente reabsorvido pelos osteoclastos e recriado pelos [[osteoblasto]]s, então a calcitonina estimula a circulação do cálcio entre osso e sangue. Os efeitos da calcitonina são opostos aos do [[Hormônio da paratireóide|hormônio paratireóideo]] (PTH) produzido nas glândulas paratireóides, que é muito mais essencial para saúde que a calcitonina. Após a remoção das glândulas tireoides não é necessário repor calcitonina, porque as próprias células dos ossos também regulam a calcemia.<ref>Guyton & Hall 2011, pp. 988–9.</ref>
 
== Patologia ==
A síntese das hormonas da tiroide é influenciada por diversos estímulos fisiológicos e [[Patologia|patológicos]]. O [[hipertiroidismo]] é a síndrome clínica causado pelo excesso de tiroxina e/ou tri-iodotironina em circulação. O [[hipotiroidismo]] é a produção insuficiente de hormonas da tiroide. A carência de iodo causa o aumento de tamanho da tiroide ou o aparecimento de um [[bócio]].