Diferenças entre edições de "Aquília Severa"

3 bytes removidos ,  03h33min de 20 de maio de 2019
sem resumo de edição
m (+ artigo bom)
Severa era filha do [[homem consular]] Quinto Aquílio Sabino e foi consagrada [[virgem vestal]] de [[Roma]]. Em 220, o [[imperador romano|imperador]] [[Heliogábalo]] {{nwrap|r.|218|222}} a desposou, num ato tido com sacrílego pelos romanos, pouco antes da cerimônia que uniu [[Vesta]] e [[Heliogábalo (divindade)|Heliogábalo]], deuses de Aquília e do imperador, respectivamente. Era tida como uma das mulheres mais belas de Roma, o que em si pode ter sido motivo à união. Porém, seu hábito vestal também pode ter tido sua parte, pois no passado Heliogábalo foi sacerdote. O casamento, no entanto, durou pouco tempo, talvez porque Aquília não produziu herdeiro. O fim do matrimônio, por conseguinte, causou a derrocada de Quinto Aquílio Sabino.{{sfn|name=Sm217|Smyth|1834|p=217}}{{sfn|name=Me1997|Meckler|1997}} É possível que o casamento tenha ruído por influência de [[Júlia Mesa]], avó do imperador.{{sfn|name=Va297|Vasi|1999|p=297}}
 
Em 221, com o fim do casamento, Heliogábalo se casou com a nobre [[Ânia Faustina]], mas este casamento durou pouco tempo, e antes do fim do ano ele recasou com Aquília; ambos os casamentos não produziram herdeiros. [[Dião Cássio]], tratando do assunto, disse que Heliogábalo desposou quatro mulheres, incluindo Ânia, antes de voltar paraa Aquília. Ao que parece ela continuou a viver com o imperador até seu assassinato em 11 de março de 222. Não se sabe seu destino depois disso, mas é possível que tenha sido vítima do escárnio dos romanos por ter quebrado seu voto de castidade como vestal, algo passível de punição pela tradição.<ref name=Sm217 /><ref name=Me1997 />
 
== Avaliação ==