Diferenças entre edições de "Setor de Normatização das Telecomunicações"

Resgatando 2 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14)
m (removeu Categoria:ITU usando HotCat)
(Resgatando 2 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14))
O '''Setor de Normatização das Telecomunicações''' ({{lang-en|''Telecommunication Standardization Sector''}}, ITU-T) é uma área da [[União Internacional de Telecomunicações]] (ITU) responsável por coordenar padronizações relacionadas a [[Telecomunicação|telecomunicações]].<ref>[http://www.itu.int/net/ITU-T/info/Default.aspx Acesso em: 29 dez. 2009.]</ref>
 
No presente, o ITU-T é uma agência intergovernamental que congrega mais de 700 organizações públicas e privadas de 191 países.<ref>[{{Citar web |url=http://www.itu.int/ITU-T/membership/index.html |titulo=Acesso em: 29 dez. 2009.] |acessodata=2009-12-29 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20091224132801/http://www.itu.int/ITU-T/membership/index.html |arquivodata=2009-12-24 |urlmorta=yes }}</ref>
 
Baseado em [[Genebra]] na [[Suíça]], o ITU-T surgiu em 1947 como um comitê especializado da [[Organização das Nações Unidas]] (ONU). Em 1956 esse comitê ganhou status de organização, passando a ser denominado, {{lang-fr|''Comité consultatif international téléphonique et télégraphique''}} (CCITT). Em 1993, passou a ter a designação corrente, ''ITU-T''.<ref>[http://www.itu.int/net/about/history.aspx Acesso em: 29 dez. 2009.]</ref>
 
O ITU-T cria recomendações que, após aprovadas pelos membros, são empregadas como referência para o desenvolvimento de soluções tecnológicas envolvendo redes e telecomunicações.<ref>[{{Citar web |url=http://www.itu.int/ITU-T/publications/recs.html |titulo=Acesso em: 29 dez. 2009.] |acessodata=2009-12-29 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20070930181613/http://www.itu.int/ITU-T/publications/recs.html |arquivodata=2007-09-30 |urlmorta=yes }}</ref>
 
As recomendações do CCITT tem designações como X400, X500, X700, etc.<ref>[http://www.itu.int/ITU-T/info/structure.html Acesso em: 29 dez. 2009]</ref>
230 307

edições