Diferenças entre edições de "Sistema Interestadual de Autoestradas dos Estados Unidos"

Resgatando 4 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14)
(Resgatando 4 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14))
 
O plano federal inicial para um sistema nacional de auto-estrada começou em 1921 quando a Administração Federal das Autoestradas pediu às [[Forças Armadas dos Estados Unidos|Forças Armadas]] uma lista de estradas necessárias para a defesa nacional. Esta lista viria a ser o primeiro esboço do projecto. <ref> McNichol, Dan. The Roads that Built America: The Incredible Story of the U.S. Interstate System. New York: Sterling Publishing Co., Inc., 2006. ISBN 1-4027-3468-9 </ref> À medida que o tráfego aumentava, os planeadores viam a necessidade de criar uma rede interligada de estradas para fazer face à já existente, em que a maior parte não tinham a configuração de uma [[via expressa]], bem como um sistema de numeração diferente: a ''[[United States Numbered Highway system]]'' (Numeração do Sistem de Auto-estradas dos Estados Unidos).
 
Embora o sistema esteja em constante crescimento, a [[I-70]], que passa pelo [[Glenwood Canyon]], no [[Colorado]], é referenciada como a finalização do projecto inicial.<ref> [http://www.dot.state.co.us/50anniversary/funfacts.cfm "Factos Engraçados"] {{Wayback|url=http://www.dot.state.co.us/50anniversary/funfacts.cfm |date=20080116125059 }}, Departamento de Transportes do Colorado, acedido a 14 de Novembro de 2008 </ref><ref>{{Citar [web |url=http://www.tfhrc.gov/pubrds/04mar/04.htm |titulo=Glenwood Canyon 12 Years Later] |acessodata=2008-11-14 |arquivourl=https://www.webcitation.org/6HoWe7unY?url=http://www.fhwa.dot.gov/publications/publicroads/04mar/ |arquivodata=2013-07-02 |urlmorta=yes }}</ref> O custo inicial do sistem fora calculado em 25 bilhões de dólares (cerca de 19 bilhões de euros) e com um prazo de construção de 12 anos. Porém, o custo final foi de 114 bilhões de dólares (ajustados a 425 bihões de dólares em 2006 - cerca de 303 bilhões de euros) e demorou 35 anos a ser terminado. <ref>{{Citar [web |url=http://www.dot.state.mn.us/interstate50/50facts.html |titulo=Departamento de Transportes do Minnesota] |acessodata=2008-06-18 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20071204072603/http://www.dot.state.mn.us/interstate50/50facts.html |arquivodata=2007-12-04 |urlmorta=yes }}</ref>
 
Embora o plano seja recente, há três estados que reclamam ter a primeira autoestrada interestadual dos Estados-Unidos: o [[Missouri]], o [[Kansas]] e a [[Pensilvânia]]. O Missouri afima que os primeiros três contractos foram assinados naquele estado a 2 de Agosto de 1956. O primeiro contracto foi assinado para a construção para a U.S. 66, a actual [[I-44]]. A 13 de Agosto de 1956, o Missouri ganhou o contracto baseado no novo sistema de fundos para o projecto. O Kansas reclama que foi o primeiro estado a [[alcatrão|alcatroar]] - a 26 de Setembro de 1956 - depois do Acto ter sido assinado tendo a pré-construção começada antes da assinatura. Por fim, e através do especialista, Richard Weingroff, a [[Pennsylvania Turnpike]], localizada no estado da [[Pensilvânia]], também pode ser considerada como primeiro trecho do sistema ligando [[Irwin]] e [[Carslile]]. <ref> [http://www.fhwa.dot.gov/infrastructure/rw96h.htm ''Federal Highway Administration'', Polémica em volta da primeira interestadual]</ref>
Esta rede permite uma maior mobilidade de transporte militar entre as bases e os mais diversos terminais de transportes como [[aeroporto]]s, [[Estação ferroviária|estações ferroviárias]], portos marítimos e outras bases militares. O sistema também faz parte da Rede Estratégica de Autoestradas.<ref> [http://www.tfhrc.gov/pubrds/spring96/p96sp2.htm US Department of State] </ref>
 
A rede também proporcionou bons planos de salvamento em situações de catástrofes. A sua alta capacidade de tráfego permite grande afluência de automóveis. Em casos extremos, no lado contrário de circulação, pode-se circular em sentido contrário criando um sentido único em direcção a um ponto específico. <ref>{{Citar [web |url=http://www.asce.org/files/pdf/hurricane/Evacuation_and_Shelters/One_Way_Out~Contraflow_Freeway_Operation_for_Hurricane_Evacuation.pdf |titulo=Operações de evacuação possível nas interestaduais] |acessodata=2008-11-25 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20081006200038/http://www.asce.org/files/pdf/hurricane/Evacuation_and_Shelters/One_Way_Out~Contraflow_Freeway_Operation_for_Hurricane_Evacuation.pdf |arquivodata=2008-10-06 |urlmorta=yes }}</ref>
 
== Ver também ==
226 962

edições