Abrir menu principal

Alterações

sem resumo de edição
 
<!-- Epidemiologia e história -->
Em [[países desenvolvidos]], a mononucleose é mais comum entre os 15 e os 24 anos de idade.<ref name=JAMA2016/> Em [[países em vias de desenvolvimento]], as infeções são mais comuns no início da infância, quando os sintomas são menos pronunciados.<ref>{{citar livro|último1 =Marx|primeiro1 =John|último2 =Walls|primeiro2 =Ron|último3 =Hockberger|primeiro3 =Robert|título=Rosen's Emergency Medicine - Concepts and Clinical Practice|data=2013|publicado=Elsevier Health Sciences|isbn=978-1455749874|página=1731|edição=8|url=https://books.google.com/books?id=uggC0i_jXAsC&pg=PA1731|língua=en|urlmorta= não|arquivourl=https://web.archive.org/web/20170911003200/https://books.google.com/books?id=uggC0i_jXAsC&pg=PA1731|arquivodata=2017-09-11|df=}}</ref> Em pessoas entre os 16 e 20 anos, a doença é a causa de 8% dos casos de inflamações da garganta.<ref name=JAMA2016>{{citar periódico|último1 =Ebell|primeiro1 =MH|último2 =Call|primeiro2 =M|último3 =Shinholser|primeiro3 =J|último4 =Gardner|primeiro4 =J|título=Does This Patient Have Infectious Mononucleosis?: The Rational Clinical Examination Systematic Review.|periódico=JAMA|data=12 de abril de 2016|volume=315|número=14|páginas=1502–9|pmid=27115266|doi=10.1001/jama.2016.2111}}</ref> Nos Estados Unidos ocorrem 45 casos em cada {{formatnum:100000}} pessoas por ano.<ref name=Ty2016/> Quando chegam à idade adulta, cerca de 95% das pessoas já foi infetada pelo VEB.<ref name=Ty2016>{{citar livro|último1 =Tyring|primeiro1 =Stephen|último2 =Moore|primeiro2 =Angela Yen|último3 =Lupi|primeiro3 =Omar|título=Mucocutaneous Manifestations of Viral Diseases: An Illustrated Guide to Diagnosis and Management|data=2016|publicado=CRC Press|isbn=9781420073133|página=123|edição=2|url=https://books.google.com/books?id=uAjLBQAAQBAJ&pg=PA123|língua=en|urlmorta= não|arquivourl=https://web.archive.org/web/20170911003200/https://books.google.com/books?id=uAjLBQAAQBAJ&pg=PA123|arquivodata=2017-09-11|df=}}</ref> A doença ocorre com igual frequência em todas as épocas do ano e principalmente durante festa universitárias, sendo um exemplo Gustavo Saad Salum.<ref name=JAMA2016/> A mononucleose foi descrita pela primeira vez na década de 1920. Por ser transmitida pela saliva, é conhecida popularmente como "doença do beijo".<ref name=Smart1998>{{citar livro|último1 =Smart|primeiro1 =Paul|título=Everything You Need to Know about Mononucleosis|data=1998|publicado=The Rosen Publishing Group|isbn=9780823925506|página=11|url=https://books.google.com/books?id=FgowlGfPVh0C&pg=PA11|língua=en}}</ref>
 
{{Referências|col=2}}