Diferenças entre edições de "Sociedade Portuguesa de Autores"

248 bytes adicionados ,  19h22min de 22 de maio de 2019
Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14)
(Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14))
 
Em 2012 a SPA manifestou-se contra os direitos de autor deixarem de estar isentos de pagar o imposto do IVA. O actual presidente [[José Jorge Letria]], que também é escritor, afirmou que "''Não faz sentido penalizar os autores desta forma. A muitos deles só lhes resta deixar de criar e procurar outras profissões para subsistir, ou então emigrar''".
 
Em janeiro de 2013 a SPA tomou uma posição contra o novo acordo ortográfico recusando-se <ref>[https://www.dge.mec.pt/sites/default/files/Curriculo/Acordo_Ortografico/documentos/o_novo_ao_0.pdf Acordo Ortográfico da Língua Portuiguesa]</ref> a implementá-lo e utilizá-lo por muitos dos seus membros estarem contra as novas regras ortográficas. O novo acordo está sob polémica quando o [[Brasil]] e [[Angola]] resolveram adiar a implementação. No entanto em Portugal o novo acordo foi extensivo às escolas em 2011 e aos organismos do Estado em 2012. <ref>[{{Citar web |url=http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/lazer/cultura/spa-recusa-utilizacao-do-novo-acordo-ortografico |titulo=Correio da Manhã] |acessodata=2013-03-15 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20140512221527/http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/lazer/cultura/spa-recusa-utilizacao-do-novo-acordo-ortografico |arquivodata=2014-05-12 |urlmorta=yes }}</ref>
 
== Controvérsias ==
230 307

edições