Diferenças entre edições de "Teatro Experimental do Porto"

123 bytes adicionados ,  00h35min de 25 de maio de 2019
Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14)
(Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14))
 
== História ==
As origens do CCT/TEP remontam a uma noite de Novembro de 1950 em que, por convocatória oral de Manuel Breda Simões, um grupo de cidadãos interessados na teoria e prática teatral reune-se nas instalações do Instituto Francês, no [[Porto]], então sedeado na [[Rua de Cândido dos Reis (Porto)|Rua de Cândido dos Reis]].<ref>{{citar web|url=http://www.cct-tep.com/index1.htm|título=MOMENTOS DO TEP - DADOS HISTÓRICOS - |autor=|data=|publicado=Página oficial, cct-tep|acessodata=28-04-2012|arquivourl=https://web.archive.org/web/20121028102653/http://www.cct-tep.com/index1.htm|arquivodata=2012-10-28|urlmorta=yes}}</ref>
 
A companhia estreou o seu primeiro espectáculo em 1953, sob a direcção de [[António Pedro]], que permanece à frente do Teatro Experimental do Porto (TEP), de 1953 a 1961, transformando-o numa experiência sem precedentes no teatro português.<ref>{{citar web|url=http://ipsilon.publico.pt/teatro/texto.aspx?id=265789|título=António Pedro Um experimentador compulsivo|autor=|data=22.09.2010|publicado=Ípsilon ([[Público (jornal)]]|acessodata=28-04-2012}}</ref>
230 299

edições