Diferenças entre edições de "Fundo das Nações Unidas para a Infância"

Atualizamos a parte sobre a atuação do UNICEF no Brasil
(→‎Objetivo e história: consertei o número de países onde o Unicef atua. Também consertei o ano em que começou a operar no Brasil)
(Atualizamos a parte sobre a atuação do UNICEF no Brasil)
Etiquetas: Editor Visual Inserção do elemento "nowiki", possivelmente errônea
| nome = Fundo das Nações Unidas para a Infância/<br />United Nations Children's Fund
| imagem_bandeira = [[Imagem:Small Flag of the United Nations ZP.svg|250px]]
| legenda = [[Bandeira do Fundo das Nações Unidas para a Infância|Bandeira doda UNICEFONU]]
| tipo = FundoAgência da ONU
| acronimo = UNICEF
| comando = [[ToreHenrietta Hattrem]]Fore
| status = Ativa
| fundacao = {{dni|11|12|1946}}
| website = [http://www.unicef.org Página do UNICEF]
| origem = [[ConselhoAssembleia Económico e SocialGeral das Nações Unidas|ECOSOC]]
| sede = [[Nova Iorque]], {{EUAb}}
| rodape =
| sede = [[Nova Iorque]], [[Estados Unidos]]
| rodape =
}}
O '''Fundo das Nações Unidas para a Infância''' (em [[Língua|inglês]]: '''United Nations Children's Fund''' - '''UNICEF''') é um órgão das [[Organização das Nações Unidas|Nações Unidas]] que tem como objetivo promover a defesa dos direitos das crianças, ajudar a dar resposta às suas necessidades e contribuir para o seu desenvolvimento.
 
== Objetivo e história ==
O UNICEF tem como objetivo "promover os direitos e melhorar a vida de todas as crianças, em todas as situações".<ref>[http://www.unicef.org/about/ Who we are] UNICEF {{en}}</ref> Iniciou suas atividades em dezembro de 1946, como um fundo de emergência para ajudar as crianças de todo o mundo, que sofreram com as consequências da [[Segunda Guerra Mundial|guerra]], formado por um grupo de países reunidos pela [[Organização das Nações Unidas]] (ONU). Mas alguns anos depois, milhões de crianças de países pobres continuavam ameaçadas pela fome e pela doença. Em 1953, o UNICEF tornou-se uma instituição permanente de ajuda e proteção a crianças de todo o mundo, e é a única organização mundial que se dedica especificamente às crianças. Está presente em 190 países e territórios. Em termos genéricos, trabalhaTrabalha com os governos nacionais e organizações locais em programas de desenvolvimento a longo prazo nos sectoressetores da saúde, educação, nutrição, água e saneamento e também em situações de emergência, ajudar a dar resposta às suas necessidades básicas e contribuir para o seu pleno desenvolvimento.
 
Em paralelo o UNICEF, apoia projetos concretos desenvolvidos por organizações não governamentais ou governamentais que oferecem soluções locais ao problema. São projetos de atendimento direto a crianças e adolescentes em todas as regiões do mundo. As iniciativas que conseguiram criar metodologias inovadoras e eficientes para tratar o problema são divulgadas e inspiram outras instituições e projetos.
O UNICEF trabalha com governos e organizações não governamentais (ONGs) de 190 países e territórios em todo o mundo para que todos os direitos das crianças sejam respeitados. O dinheiro do Fundo vem de doações voluntárias do governo, de ONGs e de pessoas comuns.
 
O UNICEF é financiado por contribuições voluntárias e com o apoio do sectorsetor privado. EstaEssa colaboração assume diversas formas, nomeadamente:
 
* Donativo em nome da empresa - muitas empresas, ou fundações com carácter de solidariedade a elas associadas, decidem fazer diretamente um donativo no valor que desejarem;
 
== No Brasil ==
O UNICEF está presente no Brasil desde 1950, apoiando as mais importantes transformações na área da infância e da adolescência no País. Participou das grandes campanhas de imunização e aleitamento materno; da mobilização que resultou na aprovação do artigo 227 da Constituição Federal e na elaboração do Estatuto da Criança e do Adolescente; do movimento pelo acesso universal à educação; dos programas de enfrentamento ao trabalho infantil; entre outros grandes avanços para a garantia dos direitos de meninas e meninos brasileiros.
Desde 1950, o UNICEF trabalha no Brasil, em parceria com governos municipais, estaduais e federal, sociedade civil, grupos religiosos, mídia, setor privado e organizações internacionais, incluindo outras agências das Nações Unidas, para defender os direitos de meninas e meninos brasileiros. O UNICEF atua na articulação, no monitoramento e avaliação e na promoção de políticas na área da infância e da adolescência. Entre 2005 e 2013, a actuação da UNICEF no Brasil tem como objectivo garantir a cada criança e adolescente os seus direitos a:
 
* Sobreviver e se desenvolver;
* Aprender;
* Proteger e ser protegido do HIV/aids;
* Crescer sem violência;
* Ser prioridade absoluta nas políticas públicas;
* Doações de alimentos.
 
A garantia desses direitos tem a ver com o reconhecimento de que alguns grupos de crianças e adolescentes estão mais vulneráveis à violência, à exploração e a várias situações de risco. Por isso, os direitos devem ser entendidos a partir de dois temas transversais fundamentais na universalização dos direitos: a promoção da equidade de raça/etnia e de gênero e a participação das próprias crianças e adolescentes nas decisões que afetam sua vida, sua família e sua comunidade.
 
Em seu programa de cooperação com o governo brasileiro para o período de 2017 a 2021, o UNICEF concentra seus esforços nas meninas e meninos mais vulneráveis e excluídos, com foco especial nas crianças e nos adolescentes que são vítimas de formas extremas de violência. O UNICEF chega a quase 2.000 municípios da Amazônia e do Semiárido e a 17 capitais estaduais, por meio do Selo UNICEF e da Plataforma dos Centros Urbanos.
Os esforços para a garantia dos direitos também devem ser entendidos a partir das históricas disparidades regionais. Desse modo, para universalizar os direitos, é preciso centrar foco em algumas áreas geográficas do Brasil. São elas:
* o Semiárido brasileiro, onde se encontram os piores indicadores sociais e onde 70% dos 13 milhões de crianças e adolescentes vivem na pobreza;
* a Amazônia, onde vivem 9 milhões de crianças e adolescentes de considerável diversidade étnica e social, vivendo esparsamente em enormes áreas onde o desenvolvimento econômico, social e institucional é precário;
* as comunidades populares dos grandes centros urbanos do País, onde prevalecem altos tipos de violência contra crianças e adolescentes.
 
O UNICEF conta com o apoio de inúmeros parceiros, bem como de seus apoiadores e doadores individuais e corporativos, para executar um programa de país inovador, que combina ações de saúde, educação, proteção e participação social dirigidas aos mais vulneráveis e excluídos.{{Referências}}
{{Referências}}
 
== Ligações externas ==
{{commonscat|UNICEF}}
* {{Link|en|2=http://nobelprize.org/nobel_prizes/peace/laureates/1965/|3=Perfil no sítio oficial do Nobel da Paz 1965}}
*Site do UNICEF Brasil: <nowiki>http://www.unicef.org/brazil</nowiki>
* [http://www.unicef.pt Página do UNICEF em português]
* [http://www.unicef.org.mz Página do UNICEF em Moçambique]
Utilizador anónimo