Diferenças entre edições de "Lanterna mágica"

177 bytes removidos ,  16h17min de 27 de maio de 2019
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 177.85.227.124, com Reversão e avisos
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 177.85.227.124, com Reversão e avisos)
[[Imagem:Laterna magica Aulendorf.jpg|miniatura|Lanterna mágica]]
A '''lanterna mágica''' ou '''epidascópio''' é a antecessora dos aparelhos de projeção modernos. <br>
Foi inventada no século XVII, a primeira descrição deve-se ao sacerdote [[jesuíta]] [[Athanasius Kircher]] na sua obra ''Ars Magna Lucis et Umbrae'' de [[1645]]<ref>R. W. Burns "Television: an international history of the formative years", página 7</ref> ainda que foi o dinamarquês gThomas Walgnensteirionj rjkhbwrlh FVOQ8L.3R45GHVCSVABilsyygtwef baWUYEFGASDFBN SERGARGA36RG4AZV3B21STR6G4BHSD F3G1WT5H4 G23B Q4T8HQAF21WR6T 1RT2BER6H 51T6H1WSRT 51W4665 UT2H W56UY5 56UQA4 UQ4T5UY 53gnWalgenstein o primeiro a lhe dar o nome de lanterna mágica<ref>Manuel Rodríguez Bermúdez ''Animación: una perspectiva desde México''. UNAM, México, 2007, página 19</ref>. Era constituída por uma [[câmara escura]] e um jogo de lentes. A luz de uma lâmpada de azeite incorporada, por meio de um condensador, atravessava uma placa de [[vidro]] pintada com desenhos que eram projetados num lenço. Era possível criar a ilusão de movimento movendo os vidros.
 
Utilizada em ambientes acadêmicos, como em Sorbonne, e em populares, como teatros, ao longo do século XIX, constituiu o antecedente do que seria no século XX o [[cinema]] como espetáculo de massas.