Diferenças entre edições de "Paulínia"

276 bytes removidos ,  19h19min de 28 de maio de 2019
m
eliminada em ESR
m (eliminada em ESR)
 
Os bairros mais antigos de Paulínia são o [[João Aranha (Paulínia)|João Aranha]], [[Monte Alegre (Paulínia)|Monte Alegre]] e os bairros centrais. Atualmente Paulínia é formada por 38 bairros, além de inúmeros loteamentos e pelo distrito de Betel. O município é dividido em 5 regiões principais que são divididas em 11 sub-regiões menores polarizadas por 17 bairros principais e englobando diversos bairros menores. O município conta com poucos bairros na [[zona rural]], sendo os maiores o Recanto das Águas, Bela Vista II, Saltinho e São Bento. A maior parte dos bairros encontram-se na cidade, devido à urbanização que o município vem passando.<ref name="Unicamp - urbanização" />
<!--
{{Panorama|Panorama pln.jpg|1000px|<center> [[Fotografia panorâmica]] mostrando parte do bairro Santa Cecília, região central Paulínia, incluindo o [[Estádio Municipal Luís Perissinotto|Estádio Municipal]], o Ginásio do centro e o [[Hotel Ibis]].</center>}} -->
 
== Economia ==
Paulínia possui muitos meios de [[comunicação]], destacando-se os jornais. Os mais tradicionais são o [[Jornal de Paulínia]], criado na [[década de 1960]], pelo jornalista Carlos Tontoli; o Correio Paulinense, criado por Mizael Marcelly.<ref name="correio">{{citar web|url=http://www.correiopaulinense.com|título=Correio Paulinense agora na versão Online|autor=Correio Paulinense}}</ref> O Cromo,<ref>{{citar web|url=http://www.listaon.com.br/paulinia/lista.php?menu=jornais|título=Jornais de Paulínia cadastrados na Lista On|autor=Lista On}}</ref> , jornal Agora Paulínia de Alexandre Mane e o Tribuna de Paulínia. Muitos jornais de Paulínia circulam também em Cosmópolis e Artur Nogueira. Circulam no município também os jornais Notícia Já, Correio Popular, [[Folha de S.Paulo]], [[O Estado de S. Paulo]], [[Agora São Paulo|Agora]], Todo Dia, entre outros. Há quatro rádios na cidade: Rádio Paulínia FM, Matriz FM, Rádio A Mais FM e Rádio Canção Nova AM.<ref>{{citar web|url=http://www.radios.com.br/cgi-bin/search.cgi?query=regsp02&nh=3|título=Rádios da região de Campinas|autor=Rádios ao Vivo}}</ref>
 
Em Paulínia há serviços de [[internet]] discada e [[banda larga]] ([[Asymmetric Digital Subscriber Line|ADSL]] e via rádio) sendo oferecido por vários provedores. Na telefonia fixa a cidade foi atendida inicialmente pela [[Companhia Telefônica Brasileira|Companhia Telefônica Brasileira (CTB)]] até 1973<ref>{{citar web|url=https://www.imprensaoficial.com.br/DO/BuscaDO2001Documento_11_4.aspx?link=/1973/ineditoriais/junho/20/pag_0009_2TIM6BGCRNUOSe8LEFA7U4SO2TJ.pdf&pagina=9&data=20/06/1973&caderno=Ineditoriais&paginaordenacao=100009|titulo=Relação do patrimônio da CTB incorporado pela Telesp|data=|acessodata=|publicado=Diário Oficial do Estado de São Paulo|ultimo=|primeiro=}}</ref>, quando passou a ser atendida pela [[Telecomunicações de São Paulo|Telecomunicações de São Paulo &nbsp;(TELESP)]], que construiu as centrais telefônicas utilizadas até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a [[Telefônica Brasil|Telefônica]]<ref>{{citar web|URL=http://telefonica.mediagroup.com.br/pt/Empresa/Nossa_Historia.aspx|título=Nossa História|data=|acessodata=|publicado=Telefônica / VIVO|ultimo=|primeiro=|autor=}}</ref>, sendo que em 2012 a empresa adotou a marca [[Vivo]]<ref>{{citar web|URL=http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2012/04/telefonica-conclui-troca-da-marca-por-vivo.html|título=Telefônica conclui troca da marca por Vivo|autor=GASPARIN, Gabriela|data=12 de abril de 2012|publicado=G1|acessodata=}}</ref> para suas operações. As operadoras [[Vivo]], [[Telecom Italia Mobile|TIM]], [[Claro (telefonia móvel)|Claro]] e [[Oi (telecomunicações)|Oi]] oferecem serviço telefônico móvel. O [[Discagem direta a distância|DDD]] de Paulínia é 19 e desde o início de 2009, Paulínia é servida pela [[Portabilidade de números telefónicos|<span title="Portabilidade">portabilidade</span>]], assim como outras 72 cidades de DDD 19 e o [[Código postal|Código de Endereçamento Postal]] (CEP) vai de 13140-001 a 13149-999.<ref>{{citar web|url=http://www.buscacep.correios.com.br/servicos/dnec/menuAction.do?Metodo=menuFaixaCep|titulo=CEP de cidades brasileiras |acessodata=6 de janeiro de 2012}}</ref> A portabilidade é um serviço que possibilita a troca da operadora sem a necessidade de se trocar o número do aparelho.<ref>{{citar web|url=http://www.paulinianews.com.br/?pg=noticia&id=9353|título=paulinenses já poderão trocar operadora de telefonia sem ter de mudar o número |acessodata=3 de fevereiro de 2009|autor=Paulínia News}}</ref>
 
{{Canais de TV de Paulínia}}
=== Esportes ===
 
[[Ficheiro:Estádio Luís Perissinoto - Paulínia.jpg|thumb|esquerda|O [[Estádio Municipal Luís Perissinotto]], com capacidade para 10&nbsp;070 pessoas, é utilizado para partidas de futebol e local do mando de jogo do [[Paulínia Futebol Clube|Paulínia]].]]
 
O futebol sempre foi um dos esportes mais populares de Paulínia. Antes da emancipação, a [[bocha]] compartilhava com o futebol o título de esporte mais popular da localidade. Após a emancipação, o primeiro incentivo municipal para os esportes foi a criação do Comissão Municipal do Esporte pelo prefeito [[Vicente Amatte]], em 1973. Após algum tempo, o órgão passou a ser subordinado ao Setor de Esportes e Turismo (Setur). Em 1976 o supervisor do Setur, Ary Rodriguez, criou os Jogos Desportivos dos Trabalhadores, que até hoje fazem sucesso na cidade.<ref name="revistatribunaesportes">{{Citar jornal|ultimo=Valente|primeiro=Fernanda Marques|coautores=Michele Carneiro e Thaís Bezerra|data=Fevereiro de 2006|titulo=Esporte também faz parte da cidade|jornal=Revista Tribuna|editora=Grupo Tribuna|local=Paulínia|volume=Edição comemorativa|paginas=34-36|accessadoem=6 de março de 2010}}</ref><ref name="jogosdostrab">{{citar web|url=http://web.archive.org/web/20080623003406/http://www.arneg.com.br/portugues/noticias.asp?not=26|titulo=XXXI JOGOS DESPORTIVOS DOS TRABALHADORES DE PAULÍNIA - 2007|autor=Arneg|publicado=[[Internet Archive]]|formato=[[ASP.NET|asp]] |acessodata=06/03/2010}}</ref>
636 011

edições