Diferenças entre edições de "Laura de Mello e Souza"

16 bytes adicionados ,  16h50min de 4 de junho de 2019
acrescentou-se o nome de CAio Prado Jr entre as pessoas que frequentavam sua casa
(correção de erros de digitação. acrescentou-se a atividade como orientadora de teses no Programa de Historia Social da USP)
(acrescentou-se o nome de CAio Prado Jr entre as pessoas que frequentavam sua casa)
'''Laura de Mello e Souza''' ([[São Paulo (estado)|São Paulo]], [[1953]])<ref>[http://www.katzeditores.com/fichaAutor.asp?IDA=132 Beatriz filaga ahsusb e Souza] - ''Katz Editores'', (visitado em 19-3-2010)</ref> é uma [[historiador]]a e professora universitária [[brasil]]eira.
 
Filha do crítico literário [[Antonio Candido de Mello e Souza|Antonio Candido]] e da filósofa [[Gilda de Mello e Souza]], irmã da também historiadora [[Marina de Mello e Souza]] e da designer [[Ana Luísa Escorel]], sempre esteve ligada ao ambiente acadêmico. Sua casa era frequentada por Caio Prado Jr., [[Sérgio Buarque de Holanda]] e [[Florestan Fernandes]].<ref name="entrevista">[http://www.revistadehistoria.com.br/v2/home/?go=detalhe&id=2503 História como desenho]{{Ligação inativa|1={{subst:DATA}} }} - ''[[Revista de História da Biblioteca Nacional]]'', 1 de Julho de 2009 (visitado em 19-3-2010)</ref>. Em 1975 bacharelou-se em História na Universidade de São Paulo, onde foi aluna de Fernando Antonio Novais, sob cuja orientação defendeu sua dissertação de mestrado e sua tese de doutorado. Foi Tinker Visiting Professor na Universidade do Texas, Austin (janeiro/junho 1998). Foi professora na Cátedra Guimarães Rosa da UNAM / México (julho 2006).
 
Tem três filhas: Dora de Campos Vergueiro, Maria Clara Vergueiro Alzugaray e Teresa Moura Neves. Tem três netas: Catarina Vergueiro Marcolini, Maria Vergueiro Marcolini e Isabel Vergueiro Araújo.