Diferenças entre edições de "Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil"

→‎História: Correção de erro
m (Foram revertidas as edições de 177.157.47.103 para a última revisão de 191.162.22.149, de 16h40min de 14 de maio de 2019 (UTC))
Etiqueta: Reversão
(→‎História: Correção de erro)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
== História ==
A Ordem teve a sua criação prevista em [[1843]] pelo [[Instituto dos Advogados do Brasil]], mas somente 87 [[ano]]s depois foi instituída a Ordem dos Advogados. A OAB é o primeiro filho da [[Revolução de 1930]].
Em 3 de Novembro, Getúlio Vargas assume o poder e o controle do Judiciário,. emEm 18 de novembro ele cria a OAB para controlar os Advogados. O ato decorreu do Decreto n.º 19.408, de [[18 de novembro]] de [[1930]], da lavra do Chefe Executivo Nacional, [[Getúlio Vargas]], então elevado ao poder pela recente [[Revolução de 1930]], desencadeada um mês antes, em 3 de outubro.
 
A palavra ''Ordem'', oriunda da tradição francesa, está vinculada à tradição da [[Idade Média]], podendo ser entendida como um conjunto estatutário que determina um modo de vida reconhecido pela religião católica, tal como à ''Ordo Clericorum'' ou às ordens de cavalaria. O advogado era então uma espécie de cavaleiro das leis. Apesar de a [[Revolução Francesa]] ter extinto todas as corporações profissionais, a tradição manteve-se quanto à denominação da palavra ''Ordem'', inspirando o nome de várias entidades corporativas relativas aos advogados em diversos países, inclusive em [[Portugal]] e no Brasil.
Utilizador anónimo