Diferenças entre edições de "João de Barros"

1 byte adicionado ,  12h51min de 12 de junho de 2019
sem resumo de edição
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
== Biografia ==
=== Juventude e cargos na Casa da Índia ===
Filho bastardo de um nobre, Lopo de Barros, [[Corregedor]] de [[Entre Tejo e Guadiana]], foi educadeducado na corte de [[Manuel I de Portugal|Dom Manuel I]], no período de maior apogeu dos [[descobrimentos portugueses]], tendo ainda na sua juventude concebido a ideia de escrever uma história dos portugueses no oriente. Sua prolífica carreira literária iniciou-se com pouco mais de vinte anos, ao escrever um [[romances de cavalaria portugueses|romance de cavalaria]], a ''[[Crónica do Emperador Clarimundo, donde os Reys de Portugal descendem]]'', dedicado ao soberano e ao príncipe herdeiro Dom João enquanto servia de seu moço de guarda-roupa<ref>[https://www.publico.pt/2018/09/03/ciencia/ensaio/o-jogo-de-preceitos-morais-de-joao-de-barros-1842258 O jogo de preceitos morais de João de Barros, por Jorge Nuno Silva, Público, 3 de Setembro de 2018]</ref>.
 
Este último, ao subir ao trono como [[João III de Portugal|Dom João III]] em [[1521]], concedeu a ''João de Barros'' o cargo de capitão da fortaleza de [[São Jorge da Mina]], para onde partiu no ano seguinte. Em [[1525]] foi nomeado tesoureiro da [[Casa da Índia]], missão que desempenhou até [[1528]].
Utilizador anónimo