Diferenças entre edições de "Radiodifusão comunitária"

1 byte removido ,  18h03min de 17 de junho de 2019
Rádio comunitária em Portugal
(Rádio comunitária em Portugal)
 
== Portugal ==
Embora não seja tão difundida há experiências portuguesas na radiodifusão comunitária. O país não possui uma legislação específicasespecífica para este tipo de emissora, em [[Modulação em frequência|frequência modulada]] a primeira emissora foi a Rádio Manobras de [[Porto]] em setembro de 2011 em 91.5 mHz (com um enfoque local), hoje apenas disponível apenas na internet como a Rádio Zero de [[Lisboa]] no ar virtualmente desde 2004.<ref>{{Citar periódico|ultimo=Ribeiro|primeiro=Fábio Fonseca|data=Dezembro de 2014|titulo=Recuperar o espírito das piratas : reflexões sobre rádios comunitárias em Portugal, do vazio legal a uma proposta concreta|url=https://repositorium.sdum.uminho.pt/|jornal=Das piratas à Internet : 25 anos de rádios locais|publicado=Universidade do Minho. Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (CECS)|paginas=113–131|isbn=9789898600332|acessodata=}}</ref><ref>{{Citar web|titulo=Manobras, a primeira rádio comunitária do país em FM|url=https://www.publico.pt/2012/01/19/p3/noticia/manobras-a-primeira-radio-comunitaria-do-pais-em-fm-1812810|obra=PÚBLICO|acessodata=2019-06-17|lingua=pt|primeiro=Ana|ultimo=Chaves}}</ref> Atualmente em Portugal não há nenhuma estação comunitária em operação em FM, desconsiderando a Universidade FM, apesar da mesma ter um caráter mais educativo. Outras emissoras comunitárias são a Stress FM, Quase FM, CC FM, Rádio Autónoma, Active 101 e Engenharia Rádio.<ref>{{Citar web|titulo=Rádios Independentes: experimentalismo e criatividade - Atualidade - UALMedia|url=http://www.ualmedia.pt/pt/?det=17759&section=Atualidade&title=Radios-Independentes-experimentalismo-e-criatividade&id=2835&mid=1|obra=www.ualmedia.pt|acessodata=2019-06-17}}</ref>
 
== Ver também ==