Diferenças entre edições de "Serra de Montejunto"

997 bytes adicionados ,  14h03min de 19 de junho de 2019
(Ajustes)
==Património==
Em Montejunto existem as ruínas de dois conventos: um mais antigo [[Ordem dos Pregadores|dominicano]], do século XII, e outro que não chegou a ser concluído.
 
===Real Fábrica do Gelo===
{{Ver artigo principal|[[Real Fábrica do Gelo]]}}
 
No topo da serra, 600 metros acima do nível do mar, virada a norte, numa zona fria e húmida ergueu-se a Real Fábrica do Gelo. Durante cerca de 120 anos dali saiam blocos de gelo que refrescavam a corte e, mais tarde, os cafés mais chiques de Lisboa. Em 1850, com a invenção do frigorífico, entrou em declínio.
 
Era um sítio de trabalho duro, entre finais de setembro e fevereiro. Durante as frias noites do alto de Montejunto, os neveiros retiravam o gelo dos tanques, transportavam-no às costas em pesadas cestas e acondicionavam-no nos silos de armazenamento. Ali ficariam até junho, altura em que os blocos de gelo seguiam serra abaixo, até à Vala do Carregado, para seguirem durante a noite, pelo rio Tejo, até Lisboa.
 
Funcionou até à invenção do frigorífico, nos finais do século XIX, altura em que ficou entregue ao mato e ao abandono.
 
Em 1997, foi classificada como Monumento Nacional.
 
{{Referências}}
70 285

edições