Diferenças entre edições de "Catch-22"

96 bytes adicionados ,  10h45min de 20 de junho de 2019
(dizer que o livro "é frequentemente citado como uma das maiores obras do século XX" com base apenas numa citação, é totalmente exagerado (e inexacto). De facto, não passa de uma obra terciária, se tanto.)
 
== Conceito ==
Devido a seu uso específico no livro, a frase "Catch-22" passou a ter um significado [[idioma|idiomático]] ( nos países de Língua Inglesa - sobretudo e quase unicamente nos Estados Unidos da América) para uma situação sem saída, uma armadilha. No livro, "Catch-22" é uma lei [[militar]], a [[lógica]] auto-contraditória circular que, por exemplo, previne que alguém tente fugir das missões de combate. Nas próprias palavras de Heller:
 
{{quote1|Só havia um ardil e este era o Ardil 22, que dizia que a preocupação com a própria segurança, em face de perigos reais e imediatos, era o processo de uma mente racional. Orr estava doido e podia ter baixa. Tudo o que ele tinha a fazer era pedir. Mas, assim que pedisse, não estaria mais doido e teria que voar em novas missões. Orr seria doido se voasse em novas missões e são se não o fizesse. Mas se estivesse são, teria que voar novamente em missões de combate. Se voasse, então estaria doido e não teria que fazê-lo. Mas, se ele não quisesse fazê-lo, então estaria são e teria que fazê-lo.}}