Diferenças entre edições de "Copa Intercontinental"

96 bytes adicionados ,  01h19min de 22 de junho de 2019
sem resumo de edição
De 1960 até 1979, a competição foi organizada por meio de uma parceria entre [[UEFA]] e [[CONMEBOL]] e os jogos eram disputados nos países dos respectivos campeões continentais, em dois jogos, no sistema de ida-e-volta. De 1960 a 1968, o regulamento utilizado levava em conta apenas os pontos conquistados nas partidas, sem levar em conta o saldo de gols; em caso de empate em número de pontos, uma terceira partida era necessária para o desempate, tendo a terceira partida ocorrido em 1961, 1963, 1964 e 1967, sendo que em 1964 e 1967 a partida-desempate foi jogada em país-neutro. De 1969 a 1979, o saldo de gols agregados das duas partidas passou a contar como critério de desempate. A exceção neste período foi a edição de 1973, jogada em partida única. Nas edições de 1971, 1973, 1974, 1977 e 1979, o clube campeão europeu se recusou a participar e foi substituído pelo vice-campeão; em apenas uma entre estas cinco ocasiões, o vice-campeão europeu se sagrou vencedor do duelo (1974). De 1980 até 2004, a competição foi disputada em uma única partida realizada no Japão, passando a ser organizada pela [[Associação de Futebol do Japão]] e denominada Copa Toyota, por questões de patrocínio,<ref>[http://hemeroteca.mundodeportivo.com/preview/1981/11/27/pagina-17/1077509/pdf.html# El Mundo Deportivo, 27 noviembre 1981, página 17.]</ref><ref>[http://pt.uefa.org/about-uefa/history/news/newsid=1587395.html UEFA: Sobre a Copa Europeia Sul-Americana.]</ref><ref>{{citar jornal|url=http://www.fifa.com/tournaments/archive/tournament=107/edition=4735/news/newsid=95645.html|título=Goodbye Toyota Cup, hello FIFA Club World Championship|publicado=Fédération Internationale de Football Association|data=2004-12-10|acessodata=2010-12-24}}</ref><ref>{{citar jornal|url=http://www.fifa.com/tournaments/archive/tournament=107/edition=4735/news/newsid=99481.html|título=Ten tips on the planet's top club tournament|publicado=Fédération Internationale de Football Association|data=2005-07-28|acessodata=2009-10-28}}</ref><ref>{{citar jornal|url=http://www.fifa.com/tournaments/archive/tournament=107/edition=4735/news/newsid=101662.html|título=We are the champions|publicado=Fédération Internationale de Football Association|data=2005-12-01|acessodata=2009-10-28}}</ref> porém continuando sendo supervisionada por UEFA e CONMEBOL.<ref>[http://hemeroteca.mundodeportivo.com/preview/1992/09/17/pagina-10/1262713/pdf.html# Jornal El Mundo Deportivo, 17/09/1992, página 10.]</ref><ref>- The winners of UEFA Champions League undertake to part in the following competitions: a) The UEFA Super cup, witch is held at the start of each new season. b) Intercontinental competitions arranged by UEFA and other confederations. - Clubs are not authorised to represent UEFA or the UEFA Champions League without UEFA's prior written approval. cfr. {{cita news|idioma=en|url=https://kassiesa.net/uefafiles/2003-uefa-cl-rules.pdf|título=We care about football - Regulation of the UEFA Champions League 2003/04|autor=Union of European Football Associations|formato=PDF|página=2}}</ref><ref>[http://www.conmebol.com/pt-br/estatuto Estatutos da Conmebol. Artigo 60: 1. ''La CONMEBOL, '''a través de su Comité Ejecutivo''', tiene la facultad exclusiva para crear, aprobar, '''reconocer''', modificar, eliminar, organizar y dirigir partidos, competiciones y torneos internacionales '''en Sudamérica''' en los que participen las selecciones nacionales de las asociaciones miembro o los clubes afiliados a éstas.'']</ref>Em 2005, a Copa Intercontinental foi extinta, cedendo lugar à [[Copa do Mundo de Clubes da FIFA]], cuja primeira edição foi em [[Campeonato Mundial de Clubes da FIFA de 2000|2000]]. Todas as edições da Copa Intercontinental, de 1960 a 2004, eram com a [[chancela]] de UEFA e CONMEBOL.<ref>[http://www.uefa.com/teamsandplayers/teams/club=52682/profile/# Site da UEFA, sobre o Manchester United. Considera como a mesma competição a participação do Manchester United tanto na Copa Intercontinental de 1968 (ida-e-volta nos países dos clubes campeões continentais) quanto na de 1999 (Copa Toyota, no Japão).]</ref><ref>{{Citar web |url=http://www.pla.net.py/csf/campeonatos/toyota.html |titulo=Lista de campeões da Copa Intercontinental no antigo site da Conmebol. |acessodata=2016-01-02 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20150924073818/http://www.pla.net.py/csf/campeonatos/toyota.html |arquivodata=2015-09-24 |urlmorta=yes }}</ref> A mesma nunca foi um evento mundial oficial da FIFA, mesmo considerando o caráter de competição oficial.<ref>De acordo com os regulamentos da FIFA, integrados ao estatuto da Federação, os pedidos para jogos em competições internacionais organizadas por confederações afiliadas a la entitade, devem ser examinadas e eventualmente autorizadas pela FIFA.cfr. {{cita web|url=https://resources.fifa.com/image/upload/regulations-governing-international-matches-2325685.pdf?cloudid=pywuivvlfl5aqvhsw2i7|título=Regulations Governing International Matches|idioma=en|format=PDF|p=15, 25}}</ref><ref>De acordo com os regulamentos da FIFA, integrados com o estatuto da Federação, "competições oficiais" podem ser definidas como aquelas organizadas sob os auspícios da FIFA, confederações ou federações afiliadas. cfr. {{cita web|idioma=en|url=https://resources.fifa.com/mm/document/affederation/administration/02/70/95/52/regulationsonthestatusandtransferofplayersjune2016_e_neutral.pdf|título=REGULATIONS on the Status and Transfer of Players 2016|format=PDF|página=5, 6}}</ref><ref>De acordo com os regulamentos da FIFA, integrados com o estatuto da Federação Internacional de Futebol (FIFA), "jogos oficiais" podem ser definidos como aqueles disputados nos campeonatos nacionais, em copas nacionais e internacionais, partidas amistosas e de teste são excluídas. cfr. {{cita web|idioma=en|url=https://img.fifa.com/image/upload/datdz0pms85gbnqy4j3k.pdf|título=LAWS OF THE GAME 2015/16|format=PDF|página=18}}</ref><ref>Até 1955, de acordo com a FIFA: ''“A organização de tal torneio(Copa dos Campeões da Europa) não está sujeita ao acordo prévio da FIFA, cujo estatutos (Art. 38) se referem apenas as competições entre equipes representativas de associações nacionais. E ”este ponto de vista, que parece bastante estranho cinquenta anos depois, foi partilhado pelo ex-presidente da FIFA, Jules Rimet, e pelo seu secretário-geral, Kurt Gassmann.'' '''"A FIFA", afirmou, "não precisa se envolver. Cabe aos próprios clubes organizar suas competições."''' A partir de 1955, ela atribuiu à confederação(UEFA) o direito exclusivo da organização das competições europeias. cfr. {{cita web|url=https://kassiesa.net/uefa/files/2004-uefa-50-years-european-cup.pdf|título=50 years of the European Cup|autor=Union des Associations Européennes de Football|data=outubro 2004|idioma=en|format=PDF|pp=7-9|}}</ref><ref>{{cita noticia|idioma=en|título=FIFA Statutes|url=https://resources.fifa.com/image/upload/the-fifa-statutes-in-force-as-of-27-april-2016-2782908.pdf?cloudid=vga5sv1yxeayptzrdudx|página=5, 19-21, 33-35, 37, 44, 74|acessodata=10 dezembro 2016}}</ref> [[A priori e a posteriori|A posteriori]] os seus vencedores foram reconhecidos com o [[Lista de clubes campeões mundiais de futebol|status de campeões mundiais]] pela entidade.<ref name="Stanley Rous"/><ref name="René Courte"/><ref name="ABC Madrid"/><ref name=":1">{{citar web| url = https://www.fifa.com/clubworldcup/news/real-madrid-win-third-successive-global-crown#al-ain-v-real-madrid-final-fifa-club-world-cup-uae-2018-x2625 | título = Real Madrid win third successive global crown | publicado = [[FIFA]] | data = 22 de dezembro de 2018}}</ref><ref name=":0" /><ref name=":2">{{citar web|idioma=es|url=https://www.goal.com/es/noticias/la-fifa-reconocio-a-los-ganadores-de-la-intercontinental/i72nwrb7zcnp12ymz0v9trinu|título=La FIFA le puso fin a la polémica tras oficializar el título que se disputó durante 40 años entre los campeones de Sudamérica y Europa.|publicado=goal.com|data=27 de outubro de 2017}}</ref><ref name=":3">{{citar web| url = http://balancou.com.br/noticia/189/balancoufc| título =FIFA OFICIALIZA CAMPEÕES DA COPA INTERCONTINENTAL|editor=balancou.com.br| data = 27 de outubro de 2017}}</ref><ref name=":4">{{citar web| url = https://www.zerozero.pt/news.php?id=207809| título =FIFA oficializa vencedores da Intercontinental como campeões do mundo|editor=zerozero.pt| data = 27 de outubro de 2017}}</ref>
 
No dia 27 de outubro de 2017, foi realizada uma reunião na [[Índia]], que dentre outros assuntos, a pedido do presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez, o Conselho da [[FIFA]] tratou do reconhecimento ou não dos títulos da Copa Intercontinental como sendo mundiais. A solicitação foi aceita e, com isso, os vencedores da Copa Intercontinental passaram a ter oficialmente o status de campeões mundiais.<ref>{{cita noticia|idioma=en|título=FIFA Club World Cup 2017: Statistical Kit|url=http://resources.fifa.com/mm/document/fifafacts/mencompcwc/02/67/91/87/statskit_fcwc2017_event_neutral.pdf|página=15, 40-42|acessodata=16 dezembro 2017}}</ref><ref name="ESPN">{{citar web|url=http://espn.uol.com.br/noticia/738458_fifa-reconhece-titulos-mundiais-de-santos-flamengo-gremio-e-sao-paulo|título=Fifa reconhece títulos mundiais de Santos, Flamengo, Grêmio e São Paulo|publicado=ESPN|acessodata=1 de novembro de 2017}}</ref><ref name="Veja">{{citar web|url=http://veja.abril.com.br/placar/fifa-reconhece-santos-fla-e-gremio-como-campeoes-mundiais/|título=Fifa reconhece Santos, Fla e Grêmio como campeões mundiais|publicado=Veja|acessodata=1 de novembro de 2017}}</ref> No entanto, obviamente, sem promover a unificação estatística com a atual competição da entidade sendo duas competições diferentes (mas que conferem o mesmo título).<ref>{{citar web| url = http://www.fifa.com/fifa-tournaments/statistics-and-records/clubworldcup/index.html | título = FIFA Club World Cup | publicado = [[Federação Internacional de Futebol|FIFA]] | acessodata = 9 de novembro de 2017}}</ref><ref>{{citar web| url = http://www.fifa.com/fifa-tournaments/archive/clubworldcup/index.html | título = FIFA Club World Cup archive | publicado = [[Federação Internacional de Futebol|FIFA]] | acessodata = 9 de novembro de 2017}}</ref>
 
Em seguida a esta decisão, a [[Conmebol]], cujas atividades são reconhecidas e autorizadas pela FIFA,<ref name=":42">{{cita noticia|idioma=en|título=FIFA Statutes|url=https://resources.fifa.com/image/upload/the-fifa-statutes-in-force-as-of-27-april-2016-2782908.pdf?cloudid=vga5sv1yxeayptzrdudx|página=5, 13, 19-21, 33-35, 37, 44, 74|acessodata=10 dezembro 2016|ultimo=|primeiro=|data=}}</ref> em seu site oficial também ele escreve: ''Como resultado de esta decisión del Consejo, la FIFA le dará pleno reconocimiento a los 22 títulos que fueron obtenidos por 13 clubes sudamericanos entre 1960-2004, los cuales, a partir de la fecha, ostentarán entre sus pergaminos el título [[oficial]] de campeón de la Copa Mundial de Clubes de la FIFA.''<ref name=":11">{{cita noticia|idioma=español|título=FIFA acepta propuesta de CONMEBOL de reconocer títulos de copa intercontinental como mundiales de clubes|url=http://www.conmebol.com/es/fifa-acepta-propuesta-de-conembol-de-reconocer-titulos-de-copa-intercontinental-como-mundiales-de|editorial=Conmebol|data=27 de octubre de 2017}}</ref>
127

edições