Diferenças entre edições de "Rienzi"

4 bytes adicionados ,  02h58min de 4 de julho de 2019
m (Substituição da predefinição {{Ligações externas}})
Wagner tinha então 27 [[ano]]s. Já tinha composto a sua primeira ópera, [[Die Feen|As Fadas]], em [[1833]], aos 23 anos, e a sua segunda ópera, [[Das Liebesverbot|O Amor Proibido]], em [[1834]] aos 24 anos. A estréia de Rienzi, dirigida pelo [[maestro]] Karl Gottlieb Reißiger, ocorreu no [[Ópera Semper|Königliches Hoftheater]] de [[Dresden]], no dia [[20 de Outubro]] de [[1842]]. Apesar da ópera ter durado cerca de [[seis]] longas [[horas]] (contando com os intervalos), o [[sucesso]] foi retumbante e marcou, para sempre, a [[vida]] de Wagner.
 
O [[manuscrito]] original perdeu-se e foi encontrado, anos mais tarde, na [[biblioteca]] particular de [[Adolf Hitler]]. Isso não seria de se estranhar, pois Hitler, assíduo frequentador das óperas wagnerianas, apreciava esta ópera acima de todas as outras. De acordo com o documentário [http://www.imdb.com/title/tt0282302/ As Mulheres de Hitler], Hitler chegou a assistir Rienzi mais de quarenta vezes. A razão é porque o [[enredo]] anda todo à volta da vida de [[Cola di RienziRienzo]], uma personagem popular da [[Itália]] [[medieval]] que tenta derrotar os [[Nobreza|nobres]], incutir a [[revolta]] no [[povo]], conduzindo-o a um futuro melhor. Os estandartes do [[Partido Nazi]] foram concebidos pelo [[Führer]] com base nos modelos desta ópera.
 
==Personagens==
Utilizador anónimo