Nyctalus azoreum: diferenças entre revisões

4 bytes removidos ,  10h48min de 6 de julho de 2019
m
→‎Bibliografia: manutênção refs.
m (→‎{{Bibliografia}}: WP:CR#"John" Hopkins University, replaced: John Hopkins University → Johns Hopkins University utilizando AWB)
m (→‎Bibliografia: manutênção refs.)
Supõe-se que se desenvolveu a partir de uma espécie do mesmo género acidentalmente introduzida nos Açores. Os seus efectivos populacionais estão ameaçados por perda de habitat causada pelo ser humano. Juntamente com uma pequena população de ''[[Pipistrellus pygmaeus]]'' no centro de Itália, é a única espécie de morcegos que caça de dia, provavelmente devido à ausência de predadores. Abriga-se em troncos ocos de árvores, edifícios e cavernas.
 
== {{Bibliografia}} ==
* SIMMONS, N. B. ''Order Chiroptera''. In: WILSON, D. E.; REEDER, D. M. (Eds.). '''Mammal Species of the World: A Taxonomic and Geographic Reference'''. 3. ed. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 2005. v. 1, p. 312-529.
* HUTSON, A. M.; AULAGNIER, S.; RAINHO, A.; PALMEIRIM, J. 2008. [http://www.iucnredlist.org/details/14922 ''Nyctalus azoreum'']. In: IUCN 2008. 2008 IUCN Red List of Threatened Species. <www.iucnredlist.org>. Acessado em 20 de dezembro de 2008.