Sidonismo: diferenças entre revisões

2 bytes removidos ,  00h42min de 11 de julho de 2019
m
Foram revertidas as edições de 2804:7F4:3B80:4769:48E1:D185:331D:DFEA por fazer testes nos artigos (usando Huggle) (3.4.9)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição via aplic. móvel Edição via aplic. Android
m (Foram revertidas as edições de 2804:7F4:3B80:4769:48E1:D185:331D:DFEA por fazer testes nos artigos (usando Huggle) (3.4.9))
Etiquetas: Huggle Reversão
# Em Março, é declarado o sufrágio universal;
# Em Abril, as tropas portuguesas são derrotadas na [[batalha de La Lys]],
# Em Julho, são reatadas as relações com a Santa Sé. Passado o estado de graça, sucedem-se as greves, as contestações, e as tentativas de pôr fim ao regime sidonista. Em resposta, este decreta o estado de emergência em 13 de Outubro. Consegue recuperar momentaneamente o controlo da situação, mas o movimento de 5 de Dezembro estava ferido de morte. Nem a [[Armistício de Compiègne|assinatura do armistício]], em [[11 de novembro|11 de Novembro]], nem a mensagem afetuosa do rei [[Jorge V do Reino Unido|Jorge V de Inglaterra]] correspondente ao ato vem melhorar a situação<ref>{{Citar web|titulo=Sidónio Pais - ANTIGOS PRESIDENTES: - PRESIDENCIA.PT|url=http://www.presidencia.pt/?idc=13&idi=34|obra=www.presidencia.pt|acessodata=2019-07-10|lingua=pt}}</ref>. Em 5 de Dezembro, Sidónio sofre um primeiro atentado, durante a cerimônia da condecoração dos sobreviventes do ''[[NRP Augusto de Castilho|Augusto de Castilho]]'', do qual consegue escapar ileso. Não conseguiu escapar ao segundo, levado a cabo por [[José Júlio da Costa]] que o abateu a tiro, na [[Estação Ferroviária do Rossio|Estação do Rossio]], em [[14 de dezembro|14 de Dezembro]] de [[1918]].
# Em Julho, são reatadas as relações com a Santa Sé.
 
Passado o estado de graça, sucedem-se as greves, as contestações, e as tentativas de pôr fim ao regime sidonista. Em resposta, este decreta o estado de emergência em 13 de Outubro. Consegue recuperar momentaneamente o controlo da situação, mas o movimento de 5 de Dezembro estava ferido de morte. Nem a [[Armistício de Compiègne|assinatura do armistício]], em [[11 de novembro|11 de Novembro]], nem a mensagem afetuosa do rei [[Jorge V do Reino Unido|Jorge V de Inglaterra]] correspondente ao ato vem melhorar a situação<ref>{{Citar web|titulo=Sidónio Pais - ANTIGOS PRESIDENTES: - PRESIDENCIA.PT|url=http://www.presidencia.pt/?idc=13&idi=34|obra=www.presidencia.pt|acessodata=2019-07-10|lingua=pt}}</ref>. Em 5 de Dezembro, Sidónio sofre um primeiro atentado, durante a cerimônia da condecoração dos sobreviventes do ''[[NRP Augusto de Castilho|Augusto de Castilho]]'', do qual consegue escapar ileso. Não conseguiu escapar ao segundo, levado a cabo por [[José Júlio da Costa]] que o abateu a tiro, na [[Estação Ferroviária do Rossio|Estação do Rossio]], em [[14 de dezembro|14 de Dezembro]] de [[1918]].
 
== Influência para o Direitismo atual ==