Diferenças entre edições de "Diglossia"

168 bytes adicionados ,  11h23min de 12 de julho de 2019
sem resumo de edição
(O eslavônico eclesiástico era o idioma orante, enquanto o eslavo antigo oriental era a língua tanto literária como popular.)
{{mais-notas|data=Maio de 2013}}
'''Diglossia''' (do [[língua grega|grego]] διγλωσσία, [[Transliteração|transl.]] ''diglossía'', onde ''di''- significa "duas vezes" e ''glossa'' ou, em [[Língua grega antiga|ático]] ''glotta'', "língua") é um termo cunhado pelo linguista [[Grécia|grego]] -francês[[Ioannis Psycharis]], primeiramente em [[língua francesa|francês]] (''diglossie''), para designar a situação linguística em que, numa sociedade, duas [[língua]]s ou registos linguísticos funcionalmente diferenciados coexistem, sendo que o uso de um ou de outro depende da situação comunicativa.
 
== Características da diglossia ==
* [[Talian]]
 
{{Referências}}Bibliografia
 
Mackridge, P. '''The Greek origin of the term diglossia (2019).''' https://www.academia.edu/39637084/The_Greek_origin_of_the_term_diglossia_
<br />{{esboço-linguística}}
{{Portal3|Linguística}}
 
242

edições