Diferenças entre edições de "Assembleia de Deus (Brasil)"

1 472 bytes removidos ,  16h25min de 13 de julho de 2019
Texto não está em conformidade com o direcionamento que é para a CONAMAD, o ministério do Belém já está abrangido na seção que trata da CGADB, ele não merece destaque , pois a AD possui muitos outros ministérios, trata-lo de maneira especial o artigo, fere a parcialidade da Wikipédia.
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
(Texto não está em conformidade com o direcionamento que é para a CONAMAD, o ministério do Belém já está abrangido na seção que trata da CGADB, ele não merece destaque , pois a AD possui muitos outros ministérios, trata-lo de maneira especial o artigo, fere a parcialidade da Wikipédia.)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
Desde a década de 1980, por razões administrativas, notadamente em virtude do falecimento do pastor Paulo Leivas Macalão e de sua esposa, missionária Zélia, a Assembleia de Deus brasileira tem passado por várias cisões que deram origem a diversas ''convenções'' e ''ministérios'', com administração autônoma, em várias regiões do País. O mais expressivo dos ministérios independentes é o Ministério do Belém, fundado pelo pastor Daniel Berg.{{carece de fontes}}
 
== Ministério do Belém ==
{{Artigo principal|Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil}}
 
Em 15 de novembro de 1927, o casal Daniel Berg e sua esposa Sara chegava a São Paulo/SP. No mesmo dia foi ministrado o primeiro culto numa casa de aluguel na Vila Carrão (bairro de São Paulo). Este culto teve a participação do casal de missionários suecos, Simon Lundgren e Linnea Lundgren, e é a data oficial da fundação da igreja. As reuniões prosseguiam e aos poucos a vizinhança começou a tomar conhecimento dos cultos, recebendo de bom grado a Palavra do Senhor e a Cristo como seu Salvador. Alguns dias depois, um grupo de crentes que tenazmente combatiam os irmãos da Assembleia de Deus, passou para a nova igreja. Entre eles estavam: Ernesto Ianone e a sua esposa Josefina; Vitaliano Piro e esposa; José Piro e esposa Elvira; Filomena Salzano e seus filhos Miguel e Luiz Salzano. Ainda faziam parte deste grupo, familiares da irmã Regina Antunes, de saudosa memória, que em fevereiro de 1989 passou para a eternidade: sua mãe Angelina Augusta Barretta e seu irmão Pedro Barretta Hallepian. Nascia assim, a Igreja Evangélica Assembleia de Deus em Belém, que hoje já reúne mais de 2 milhões de membros e que teve como seus pastores: Daniel Berg, Samuel Nystron, Samuel Hedlund, Simon Lundgren, Francisco Gonzaga da Silva, Bruno Skolimovski, Cícero Canuto de Lima, e o atual pastor José Wellington Bezerra da Costa.{{carece de fontes}}
 
== Ver também ==