Abrir menu principal

Alterações

sem resumo de edição
Em 27 de julho de 2016, Binotto foi nomeado diretor técnico da equipe, substituindo [[James Allison]].<ref>{{citar web |url=http://www.bbc.com/sport/formula1/36902822|título=Ferrari: James Allison leaves role as technical director|publicado=BBC|língua=en|acessodata=25 de janeiro de 2017}}</ref><ref>[https://www.gazzetta.it/Formula-1/27-07-2016/f1-ferrari-saluta-james-allison-suo-posto-c-mattia-binotto-160489375236.shtml F1, la Ferrari saluta James Allison: al suo posto c'è Mattia Binotto]. gazzetta.it. 27 de julho de 2016. Consultado em 7 de janeiro de 2019</ref> Durante os dois anos em que Binotto trabalhou como diretor técnico, a Ferrari mais uma vez competiu por vitórias regulares e também encerrou um jejum de cinco anos sem ''[[pole position]]''.
 
Em 7 de janeiro de 2019, a Ferrari anunciou que [[Maurizio Arrivabene]] seria substituído por Mattia Binotto como chefe da equipe, com efeito imediato.<ref name="motorsport"/><ref>{{citar web|url=https://formula1.ferrari.com/en/ferrari-announcement-2019/?fbclid=IwAR0oGzqfmzO3zopL0bVVp6TvUe0DJdsptGKTR874h0F_yjX5X3mbKPC7YN4|título=Ferrari Announcement|publicado=Scuderia Ferrari|data=7 de janeiro de 2019|acessodata=7 de janeiro de 2019}}</ref> Porém, mesmo depois de ter sido nomeado como novo chefe de equipe, ele permaneceu acumulando a função de diretor técnico da equipe.<ref>{{citar web|url=https://www.grandepremio.com.br/f1/noticias/binotto-deixa-funcao-de-diretor-tecnico-mas-mantem-cargo-de-chefe-da-ferrari|título=Binotto deixa função de diretor-técnico, mas mantém cargo de chefe da Ferrari|publicado=Grande Prêmio|data=19 de julho de 2019|acessodata=19 de julho de 2019}}</ref>
 
{{Referências}}