Diferenças entre edições de "Música do Brasil"

45 bytes removidos ,  11h47min de 22 de julho de 2019
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 200.242.41.145, com Reversão e avisos
(letras erradas)
Etiquetas: Editor Visual Internetês ou miguxês
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 200.242.41.145, com Reversão e avisos)
[[Imagem:Il Guarany Score Front Cover.jpg|thumb|310px|Capa da [[partitura]] da [[ópera]] ''[[Il guarany|O Guarani]]'' de [[Carlos Gomes]].]]
{{Cultura do Brasil}}
A '''música do Brasil''' é uma das expressões mais importantes da [[cultura brasileira]]. Formou-se, principalmente, a partir da fusão de elementos [[Brasileiros brancos|culturaeuropeus]], brasminecraft[[Povos indígenas do Brasil|indígenas]] e bom[[Afro-brasileiros|africanos]], demaistrazidos por [[Colonização do Brasil|colonizadores portugueses]] e freepelos fire[[Escravidão tbmno Brasil|escravos]].
 
-se, principalmente, a partir da fusão de elementos [[Brasileiros brancos|europeus]], [[Povos indígenas do Brasil|indígenas]] e [[Afro-brasileiros|africanos]], trazidos por [[Colonização do Brasil|colonizadores portugueses]] e pelos [[Escravidão no Brasil|escravos]].
 
Até o século XIX, Portugal foi a principal porta de entrada para a maior parte das influências que construíram a [[música]] [[brasil]]eira, tanto a erudita como a popular, introduzindo a maioria do [[instrumento musical|instrumental]], o sistema [[harmonia (música)|harmônico]], a literatura musical e boa parcela das formas musicais cultivadas no país ao longo dos séculos, ainda que diversos destes elementos não fossem de origem portuguesa, mas genericamente europeia. A maior contribuição do elemento africano foi a diversidade [[ritmo|rítmica]] e algumas [[dança]]s e instrumentos — a exemplo do [[Maracatu Nação|maracatu]] —, que tiveram um papel maior no desenvolvimento da música popular e folclórica. O indígena praticamente não deixou traços seus na corrente principal, salvo em alguns gêneros [[folclore|folclóricos]] de ocorrência regional.
18 159

edições