Diferenças entre edições de "Ritos litúrgicos latinos"

13 bytes adicionados ,  21h53min de 24 de julho de 2019
sem resumo de edição
(Correção de erros.)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Estes ritos desenvolveram-se numa zona da [[Europa ocidental]] e do norte da [[África]] onde o [[latim]] era a língua da educação e da cultura, e distinguem-se dos outros utilizados pelas [[Rito oriental |Igrejas de rito oriental]] que se desenvolveram na [[Europa oriental]] e no [[Médio Oriente]]. Há vários ritos latinos, como por exemplo o [[rito romano]] (o mais utilizado), o [[rito ambrosiano]], o [[rito bracarense]], o [[rito galicano]], o [[rito moçárabe]], o [[Ordem dos Cartuxos | dos Cartuxos]] e o [[Uso Anglicano]]. Antigamente havia muitos outros ritos litúrgicos ocidentais latinos, que foram substituídos pelo Rito Romano pelas reformas litúrgicas do [[Concílio de Trento]] e do [[Concílio Vaticano II]].
 
Actualmente, o rito litúrgico católico mais conhecido e utilizado na Igreja Católica de Rito Latino e mesmo na Igreja Católico-Romana universal é o [[rito romano]], que atualmente tem duas formas reconhecidas:<ref>''[[Motu Proprio Summorum Pontificum]]''</ref> a [[Missa do Vaticano II]] (isto é do [[Concílio Vaticano II]], que é a forma normal, ordinária, mais utilizada; e a [[Missa Tridentina]] (do [[Concílio de Trento]], na edição de 1962), que é agora uma forma extraordinária. Para além do rito romano padronizado nestas duas formas, há também várias variantes deste rito litúrgico, destacando-se o [[Uso Anglicano]].
 
{{Igrejas sui iuris}}
Utilizador anónimo