Abrir menu principal

Alterações

| 3 de maio
| ''O Infiltrado''
| Mendonça foge da prisão e se abriga na casa da família Silva, contando a Lineu que, durante o período em que ficou em coma, a repartição foi tomada por um esquema de corrupção comandado por Silas ([[Fúlvio Stefanini]]), na qual afirma não ter participado e ter sido preso no lugar dos verdadeiros culpados, cabendo ao seu colega de trabalho a desmascarar a desonestidade dos funcionários da vigilância sanitária. Agostinho e Bebel percebem que Floriano ([[Vinícius Moreno]]) não se dedica aos estudos por influência do pai, e o taxista leva o filho à oficina da Carrara Táxis Carrara para tenta mostrar a ele que é preciso ser responsável.
|-----
| 404 (6/38)
| Agostinho atropela sem querer Daniele da Padaria, e para não ser processado, a leva para casa para prestar assistência, mas na mesma hora Bebel chega do cinema encontrando os dois na sala, e começa a achar que o taxista não a ama mais. Ao assistir ao filme do Capitão Will, imagina como seria ter uma relação com o personagem. No restaurante, Lineu e Nenê conhecem Armando ([[Edson Celulari]]) e Sílvia ([[Drica Moraes]]), amantes que comemoram dez anos de relação. Os dois casais combinam de participar de um jantar na casa da família Silva, mas de surpresa, Armando aparece com a verdadeira esposa Marlene ([[Louise Cardoso]]).
|-----
| 411 (13/38)
| 12.13 || 28 de junho || Quero ser Lineu Silva
| 28 de junho
|Mendonça descobre que sua mãe, a tradicional Dona Vilma ([[Berta Loran]]), vem visitá-lo. Apavorado com as críticas da matriarca sobre seu estilo de vida, o malandro pede para trocar de lugar com Lineu, na intenção de impressionar a mãe. A inusitada proposta de Mendonça pega Lineu de surpresa. Mesmo contrariado, ele aceita abandonar momentaneamente o posto de pai de família para curtir a vida de solteirão. Ou, pelo menos, fingir.
| 12.13 || 28 de junho || ''Quero serSer Lineu Silva''
| Mendonça descobre que sua mãe, a tradicional Dona Vilma ([[Berta Loran]]), vem visitá-lo. Apavorado com as críticas da matriarca sobre seu estilo de vida, o malandro pede para trocar de lugar com Lineu, na intenção de impressionar a mãe. AMesmo inusitadacontrariado, propostao depatriarca Mendonçada pega Lineu de surpresa. Mesmo contrariado, elefamília aceita abandonar momentaneamente o posto de pai de família para curtirfingir aser vida de solteirão. Ou, pelo menos, fingirsolteiro.
|-----
| 412 (14/38)
| 12.14 || 05 de julho || Crueldade é apelido
| 5 de julho
|Beiçola ganha o codinome de "beiçobra" devido à qualidade dos alimentos vendidos em seu estabelecimento. E o novo apelido aumenta nele a antiga angústia de ser taxado por terceiros. Lineu acaba se arrependendo de ter desencadeado a infâmia do amigo ao batizá-lo, no passado, de Beiçola.
| ''Crueldade é Apelido''
| Kelly percebe que Beiçola aproveita as sobras de seus pastéis para dá-los de graça aos clientes, e põe nele o apelido "Beiçobra", espantando a freguesia da pastelaria. Para tentar ajudá-lo, Lineu, que foi o responsável por colocar o apelido original, o contrata para ser seu advogado no caso dos pontos transferidos para sua carteira de motorista enquanto esteve em coma. Floriano recebe uma advertência da diretora da escola por apelidar seu filho de "zoiudo", e Agostinho, com medo do garoto ser expulso, sugere que os dois tentem se conciliar jogando um partida de ''videogame'' na casa do casal, mas o taxista, ao mostrar como se joga futebol de verdade, machuca o visitante, e o compra pra não contar o que aconteceu a sua mãe.
|-----
| 12.15 || 12 de julho || Risque meu nome do seu caderno
2 876

edições