Diferenças entre edições de "Grande Prêmio da África do Sul de 1992"

944 bytes adicionados ,  20h42min de 26 de julho de 2019
sem resumo de edição
 
Neste regresso da [[Fórmula 1]] à [[África do Sul]] os estreantes [[Christian Fittipaldi]] e [[Ukyo Katayama]] classificaram-se para a corrida enquanto os também novatos [[Paul Belmondo]], [[Andrea Chiesa]] e [[Giovanna Amati]] (quinta mulher a guiar um carro na categoria)<ref name=MULHERES>{{citar web|url=https://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/no-dia-internacional-da-mulher-relembre-as-pilotos-que-ja-participaram-da-formula-1.ghtml|titulo=No Dia Internacional da Mulher, relembre as pilotos que já participaram da Fórmula 1|obra=globoesporte.com|publicado=Globo Esporte|autor=Fred Sabino|data=08/03/2018|acessodata=14 de julho de 2019}}</ref> ficaram pelo caminho.
 
Por outro lado a equipe [[Andrea Moda Formula|Andrea Moda]] não pôde correr, pois embora tenha participado do treino de reconhecimento na quinta-feira (a pista revisada de Kyalami era nova no calendário), foi excluída da prova. [[Andrea Sassetti]], dono da escuderia, acreditava que mesma não pagaria a taxa de US$ 100.000 para novas equipes alegando os precedentes de [[Arrows|Footwork]] (aliás equipada com o estreante motor [[Mugen Motorsports|Mugen]]/[[Honda na Fórmula 1|Honda]] para 1992) e [[Fondmetal]] ao comprarem Arrows e [[Osella Corse|Osella]], respectivamente. Contudo as autoridades desportivas entenderam que Sassetti comprou os bólidos da [[Enzo Coloni Racing Car Systems|Coloni]], não sua inscrição para a disputa do campeonato.<ref>{{citar web || url=https://grandprix.com/constructors/andrea-moda-formula.html || titulo= Andrea Moda Formula (em inglês) no grandprix.com|| acessodata=26 de julho de 2019}}</ref>
 
==Mais uma vez Mansell==
29 394

edições