Abrir menu principal

Alterações

Substituí as cidades de Praia Grande e Boa Vista na comparação com a população da avenida. De acordo com o censo último censo do IBGE, ambas tem população superior a 300 mil habitantes.
Abriga um grande número de sedes de [[empresa]]s, [[banco]]s, [[consulado]]s, [[Hotel|hotéis]], [[hospitais]], como o tradicional [[Hospital Santa Catarina]] e instituições científicas, como o [[Instituto Pasteur]], culturais, como o [[MASP]] e o [[Serviço Social do Comércio|Sesc Avenida Paulista]] e educacionais, como os tradicionais [[Colégio São Luís]] e a [[Escola Estadual Rodrigues Alves]]. Também não deixa de existir o lazer, contém grandes shoppings e uma diversidade enorme de lugares para comprar, por exemplo desde o Shopping Paulista e o Cidade São Paulo, até os [[camelô]]s.
 
Pela a Paulista todos os dias, movimentam-se milhares de pessoas oriundas de todas as regiões da cidade e de fora dela, é um dos lugares de São Paulo com a maior diversificação cultural possível. Além disso, a avenida é um importante eixo viário da cidade ligando importantes avenidas como a [[Avenida Doutor Arnaldo|Dr. Arnaldo]], a [[Avenida Rebouças|Rebouças]], a [[Avenida Nove de Julho|9 de Julho]], a [[Avenida Brigadeiro Luís Antônio|Brigadeiro Luís Antônio]], a [[Avenida Vinte e Três de Maio|23 de Maio]], a [[rua da Consolação]] e a [[Avenida Angélica]]. Com 200 mil moradores, se a avenida fosse uma cidade, estaria entre as 150 maiores do [[Brasil]], próxima de cidades como [[PraiaPresidente Grande (São Paulo)|Praia GrandePrudente]] (244227.533072) e [[Boa VistaSobral (RoraimaCeará)|Boa VistaSobral]] (249206.853644).<ref>{{citar web |url=http://sptv.globo.com/Sptv/0,19125,LPO0-6146-20080723-326152,00.html |publicado=SPTV |titulo=Avenida Paulista tem gerente para resolver problemas |data=23 de julho de 2008 |acessodata=10 de janeiro de 2009}}</ref>
 
== História ==