Diferenças entre edições de "Zambi"

381 bytes removidos ,  00h29min de 4 de agosto de 2019
sem resumo de edição
m (Página marcada que carece de mais fontes)
{{Info/Divindade
{{Mais notas|data=junho de 2019}}
|nome_divindade = Zambi
{{Info
| imagem = Panneau Holo-Musée royal de l'Afrique centrale.jpg
| estilo = width: 20em;
|imagem_tamanho = 250px
| espaço_entre_células = 2;
| legenda = <small>Escultura [[kwango]]cuango representando NzambiZambi, com influência da figura de [[Jesus Cristo]] trazida pelos portugueses</small>
| espaço_conteúdo-borda_das_células = 3;
| tamanho = 20;
| título = Nzambi
| título-estilo = height: 1em; background-color: #FF9F00;
| imagem = Panneau Holo-Musée royal de l'Afrique centrale.jpg
| imagem-tamanho = 200px
| legenda = <small>Escultura [[kwango]] representando Nzambi, com influência da figura de [[Jesus Cristo]] trazida pelos portugueses</small>
| tópico1 = <small>'''Zambi''' • '''Zambiampungu''' • '''Zambuipombo''' • '''Zambe-o-pombo''' • '''Zambiapungo''' • '''Zamiapombo''' • '''Zamuripongo''' • '''Zâmbi''' • '''Nzambi Mpungu''' • '''Zambiapongo''' <br />''deus supremo e criador''</small>
| tópico1-estilo =
</small>
| rodapé-estilo = height: 0,3em; background-color: silver;
}}
'''NzambiZambi''', '''ZambiZâmbi''', '''Nzambi MpunguZambiapungo''', '''Zambiapongo''', '''ZambiampunguZambiampungo''', '''ZambuipomboZambiapombo''', '''Zambe-o-pomboZambiapongo''', '''ZambiapungoZambiapunga''', '''Zambiumpungo''', '''Zambiupongo''', '''Zamiapombo''', '''Zamunipongo''' ou '''Zamuripongo''' (do [[língua quimbundo|quimbundo]] ou [[língua quicongo|quicongo]] ''Nzambi mpongo'Zâmbi' ou ''mpungu'', lit. "Deus Supremo"),{{sfn|Barros|2007|p=233-236}} é o [[Divindade|deus]] supremo e criador nosno [[candomblé Bantubantu]]. É, equivalente ao deus [[Olorun|Olorum]] do [[candomblé KetuQueto]]. Ée [[Sincretismo|sincretizado]] com o [[Senhor do Bonfim]].<ref>FERREIRA,{{sfn|Ferreira|1986|p=1802}} A.Não B.possui H.culto ''Novoa dicionárioZambi, damas línguasomente portuguesa''.a seus edição. Riointermediários, deos Janeiro[[inquice]]s.{{sfn|Barros|2007|p=235}} NovaPor Fronteira.vezes 1986.é p.associado 1a 802[[Calunga]].</ref>{{sfn|Martins|1993}}
== Descrição ==
Para os [[bantus]], acima de tudo está Nzambi Mpungu,<ref>[http://www.ritosdeangola.com.br/page.php?118 Nzambi para os Bantus]</ref> deus criador de todas as coisas. Alguns povos bantus chamam Deus de '''Sukula''', outros de '''Kalunga'''<ref>{{Citar web |url=http://diamang.com/diamang/Lunda/historia/nzambi.htm#(1)_c |titulo=Nzambi Deus supremo da mitologia tchokwe, Angola. |acessodata=2009-06-29 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20090415080923/http://diamang.com/diamang/Lunda/historia/nzambi.htm#(1)_c |arquivodata=2009-04-15 |urlmorta=yes }}</ref> e outros nomes.
 
Seu nome originalmente era o título do monarca do [[Reino de Loango]], com sentido de "senhor do mundo", mas no {{séc|XV}}, com a chegada dos [[Império Português|portugueses]], o termo também foi utilizado para designar o [[rei de Portugal]]. Desde então, passou a designar "ser vivo" e só depois "Deus Supremo", provavelmente sob influência da cristianização do Congo, segundo W. G. L. Randles.{{sfn|Barros|2007|p=235-236}}
O culto a Nzambi não tem forma nem [[altar]] próprio. Só em situações extremas se invoca Nzambi, geralmente fora das aldeias, em beira de rios, embaixo de árvores, ao redor de fogueiras. Não tem representação física, pois os [[bantus]] o concebem como o incriado: representá-lo seria um [[sacrilégio]], uma vez que ele não tem forma. No final de todo ritual, Nzambi é louvado, pois Nzambi é o princípio e o fim de tudo.
 
{{Referências|col=2}}
 
== Bibliografia ==
{{Mitologia Africana|Nzambi}}
 
{{InícioRef|2}}
 
* {{Citar livro|sobrenome=Barros|nome=Elisabete Umbelino de|título=Línguas e Linguagens nos Candomblés de Nação Angola|ano=2007|local=São Paulo|editora= Universidade de São Paulo|ref=harv}}
 
* {{Citar livro|sobrenome=Ferreira|nome=A. B. H.|título=Novo dicionário da língua portuguesa|edição=2|local=Rio de Janeiro|editora=Nova Fronteira|ano=1986 |ref=harv}}
 
* {{Citar web|sobrenome=Martins|nome=João Vicente|url=https://web.archive.org/web/20090415080923/http://diamang.com/diamang/Lunda/historia/nzambi.htm#1| título=Lenda do Nzambi|ano=1993|publicado=Diamong}}
 
{{-fim}}
 
{{Mitologias africanas}}
{{Religiões afro-brasileiras}}
{{esboço-candomblé}}
 
[[Categoria:Candomblé Bantu]]