Associação de Intérpretes e Músicos: diferenças entre revisões

m
sem resumo de edição
m
Foi fundada em [[1978]] por [[Elis Regina]]<ref>[http://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/agosto2008/ju404pag12.html Um instante, maestro]. Jornal da Unicamp</ref>.
 
Assim como outras sociedades de autores, tem a missão de documentar e comprovar a [[titularidade]] de direitos de seus associados, para que eles possam receber suas parcelas do total arrecadado pelo Ecad<ref>[http://www.conjur.com.br/2013-jun-30/entrevista-roberto-correa-mello-advogado-presidente-abramus "Nosso modelo de arrecadação é o mais democrático"]. Consultor Jurídico, 30 de junho de 2013</ref>.
 
Em [[1998]], após a mudança na legislação brasileira de direitos autorais, uniu-se a outras três associações (Sabem, Sadembra e Anacim) na tentativa de criar um órgão paralelo para arrecadação, o Conselho Nacional dos Direitos de Execução (CNDE). As quatro foram então expulsas do Ecad, em 15 de abril de 1999. Mais tarde, foi readmitida, porém perdeu seu patrimônio<ref>[http://www.senado.gov.br/atividade/materia/getPDF.asp?t=106951 Relatório final da CPI do ECAD]. Senado Federal, abril de 2012. Págs. 685 e 862</ref>.
833 968

edições