Diferenças entre edições de "Herbert José de Sousa"

233 bytes adicionados ,  10h09min de 9 de agosto de 2019
Com o [[Golpe de Estado no Brasil em 1964|golpe militar]], em [[1964]], mobilizou-se contra a [[ditadura]], sem nunca esquecer as causas sociais. Porém, com o aumento da repressão, foi obrigado a se exilar no [[Chile]], em [[1971]]. Lá assessorou [[Salvador Allende]], até sua deposição em [[1973]]. Conseguiu escapar do golpe de [[Augusto Pinochet|Pinochet]] refugiando-se na embaixada [[Panamá|panamenha]]. Posteriormente morou no [[Canadá]] e no [[México]]. Durante esse período foram reforçadas as suas convicções sobre a [[democracia]] - que ele julgava ser incompatível com o [[Capitalismo|sistema capitalista]].
 
Foi homenageado como "o irmão do Henfil" na canção "[[O Bêbado e a Equilibrista]]", de [[João Bosco (músico)|João Bosco]] e [[Aldir Blanc]], gravada por [[Elis Regina]] - ''"Meu Brasil / que sonha com a volta do irmão do Henfil / com tanta gente que partiu…"'' - à época da Campanha pela [[Anistia]] aos presos e exilados políticos. Anistiado em [[1979]], voltou ao Brasil.<ref name="globo">{{Citar web |url=https://acervo.oglobo.globo.com/fatos-historicos/exilados-voltam-ao-brasil-9222652|título=Os exilados voltam ao Brasil |língua= |autor= |obra=O Globo |data= |acessodata=9 de agosto de 2019}}</ref>
 
Em [[1981]], junto com os economistas Carlos Afonso e Marcos Arruda, fundou o [[Ibase|IBASE]] - Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas,<ref>{{Citar web |url=http://www.ibase.br/ |publicado=Ibase.br |título=IBASE |autor= |obra= |data= |acessodata= }}</ref> e passou a se dedicar à luta pela reforma agrária, sendo um de seus principais articuladores. Nesse sentido conseguiu reunir, em [[1990]], milhares de pessoas no [[Aterro do Flamengo]], [[Rio de Janeiro (estado)|Rio de Janeiro]], em manifestação pela causa.
6 613

edições