Abrir menu principal

Alterações

m
sem resumo de edição
Em 2016, participou da organização das manifestações em defesa da cassação e prisão do ex-deputado [[Eduardo Cunha]] (PMDB-RJ), então presidente da [[Câmara dos Deputados]]. Esteve a frente dos protestos contra a [[Cultura do estupro]].<ref name="BIo" />
 
=== EleiçãoEleições de 2016 ===
Em sua primeira disputa eleitoral, foi candidata a vereadora na cidade de [[São Paulo (cidade)|São Paulo]] pela coligação entre PSOL e [[Partido Comunista Brasileiro|PCB]] e pela Bancada Ativista.<ref>{{Citar periódico|titulo=Como 9 jovens querem mudar a lógica eleitoral ao disputar a Câmara de SP|jornal=Nexo Jornal|url=https://www.nexojornal.com.br/expresso/2016/07/03/Como-9-jovens-querem-mudar-a-l%C3%B3gica-eleitoral-ao-disputar-a-C%C3%A2mara-de-SP|idioma=pt-BR}}</ref><ref>{{Citar periódico|data=2016-10-07|titulo=O desempenho nas urnas de Raps, MBL, UNE e Bancada Ativista {{!}} VEJA.com|jornal=VEJA.com|url=http://veja.abril.com.br/brasil/o-desempenho-nas-urnas-de-raps-mbl-une-e-bancada-ativista/|idioma=pt-BR}}</ref> Durante a campanha recebeu apoio de personalidades, entre outros, como a nadadora olímpica [[Joana Maranhão]], do ator e escritor [[Gregório Duvivier]], do jornalista [[Xico Sá]], da atriz [[Maria Casadevall]] e de políticos, como [[Marcelo Freixo]] (RJ), [[Chico Alencar]] (RJ), [[Carlos Giannazi]] (SP), [[Luciana Genro]] (RS). Recebeu o total de 12.464 votos, o que garantiu a Sâmia um assento na casa.<ref name=apoio>{{citar web|url=http://www.samiabomfim.com.br/manifesto/|publicado=|obra=Site autoral|acessodata=20 de janeiro de 2017|título=Manifesto: Com Sâmia Bomfim}}</ref> Com isso tornou-se a mulher mais jovem a exercer o mandato de vereadora na capital do estado, aos 27 anos.<ref name=apoio2>{{citar web|url=http://www.brasilpost.com.br/2016/10/03/feministas-vereadoras-sao-paulo_n_12309160.html|publicado=|obra=HuffPost Brasil|acessodata=20 de janeiro de 2017|título=Feministas Sâmia Bomfim e Juliana Cardoso são eleitas vereadoras de São Paulo}}</ref>
 
===EleiçãoEleições emde 2018===
Em março de 2018 anunciou sua pré-candidatura pelo [[PSOL]] à [[Câmara dos Deputados]] ao defender que suas bandeiras políticas tem mais a ver com um projeto de país do que de cidade, quanto questionada sobre o porque trocar o legislativo municipal pelo parlamento nacional. <ref name=depfed>{{citar web|url=https://universa.uol.com.br/noticias/redacao/2018/03/28/mbl-e-seita-juvenil-diz-vereadora-que-quer-mandato-feminista-no-congresso.htm|publicado=|obra=Universa UOL|acessodata=18 de maio de 2018|título=MBL é seita juvenil, diz vereadora que quer mandato feminista no Congresso}}</ref> O lançamento da sua pré-candidatura ocorreu em maio e contou com a presença de intelectuais, de ativistas e de políticos, como [[Marcelo Freixo]], [[Carlos Giannazi]], [[João Paulo Rillo]], Toninho Vespoli, [[Fernanda Melchionna]], [[David Miranda]] e [[Guilherme Boulos]], pré-candidato a presidência pelo PSOL.
 
2 671

edições