Diferenças entre edições de "Universidade de Melbourne"

16 bytes adicionados ,  02h59min de 26 de agosto de 2019
m
sem resumo de edição
m (Substituição de predefinições obsoletas)
m
Nos últimos anos, outros campi na própria Melbourne e no estado de Victoria foram criados com a junção entre a universidade e centros menores de educação superior. A Universidade de Melbourne é membro do "Grupo dos Oito" australiano (um grupo seleto de instituições de nível superior), junto com as Universidades Sandstone.
 
A universidade situa-se entre as melhores universidades da Austrália e do mundo <ref>[http://www.alnaja7.org/success/Education/times_world_ranking_2005.pdf THES World University Rankings] {{Wayback|url=http://www.alnaja7.org/success/Education/times_world_ranking_2005.pdf |date=20090117102450 }}, ''The Times Higher Education Supplement World University Rankings 2005'', 2 de agostro de 2006</ref> e é muito respeitada nas áreas [[Arte]]s, [[Ciências Humanas|Humanas]] e [[biomedicina|biomédicas]].<ref>[http://www.theage.com.au/news/national/melbourne-uni-ranks-in-top-20/2005/10/27/1130400306704.html "Melbourne Uni ranks in top 20"], ''The Age'', 28 de outubro de 2005</ref> Possui quase 40,000{{fmtn|40000}} estudantes, que são amparados por quase 6.000{{fmtn|6000}} funcionários (em tempo integral ou parcial). Em [[15 de novembro]] de [[2005]], o vice-reitor Glyn Davis anunciou um programa de reforma intitulado ''Growing Esteem'' ('auto-estima crescente', numa tradução livre para o [[Língua portuguesa|português]]). Com ele, a universidade visa à consolidação de suas três atividades-base - pesquisa, aprendizado e transferência de conhecimento -, a fim de que se torne um dos melhores instituições do mundo. A estrutura de graduação da universidade será mudada para o "Modelo Melbourne", uma combinação de várias práticas das universidades [[Estados Unidos|americanas]] e [[Europa|européias]], o que os administradores acreditam a deixará em conformidade com com o Acordo de Bolonha, assegurando que suas graduações tenham relevância internacional.
 
 
262

edições