Abrir menu principal

Alterações

m
→‎Campanhas: transferido para Lista de indicações brasileiras ao Oscar, artigo mais apropriado.
|align="center" | <ref>{{citar web |título='A Vida Invisível' desbanca 'Bacurau' e vai representar o Brasil no Oscar |url=https://www1.folha.uol.com.br/ilustrada/2019/08/a-vida-invisivel-desbanca-bacurarau-e-vai-representar-o-brasil-no-oscar.shtml |publicado=Folha de São Paulo |acessodata=27 de Agosto de 2019}}</ref>
|}
 
== Campanhas ==
O Oscar é uma votação e, como tal, elege os filmes que estão em evidência. Para o crítico de cinema [[Rubens Ewald Filho]], um dos principais motivos do cinema brasileiro nunca ter conquistado o Oscar de Melhor filme estrangeiro é a falta de campanhas de marketing efetivas: "O caso mais curioso e estranho foi Cidade de Deus, de Fernando Meirelles. Não souberam lutar pelo filme, que não foi indicado para filme estrangeiro, mas o notável [[Harvey Weinstein]] [produtor norte-americano] coloca o filme no ano seguinte em quatro indicações, o que era muito mais difícil, complicado e notável" – ele diz.<ref>{{citar web |título=O Grande Circo Místico renova sonho do Oscar brasileiro |url=https://guia.gazetadopovo.com.br/materias/o-grande-circo-mistico-sonho-oscar-brasileiro/ |publicado=Gazeta do Povo |acessodata=27 de agosto de 2019}}</ref> As campanhas brasileiras no Oscar são consideradas de baixo custo quando comparadas com a de países como [[França]] e [[Itália]]; o filme ''[[Central do Brasil (filme)|Central do Brasil]]'', por exemplo, investiu apenas US$ 250 mil na divulgação do filme para os membros da Academia, enquanto que seu adversário italiano ''[[A Vida É Bela|La vita è bella]]'' investiu US$ 9,2 milhões.<ref name="campanha" /><ref>{{citar web |título="Todos fazem o lobby que fizemos", diz Gill |url=https://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq26039914.htm |publicado=Folha de São Paulo |acessodata=27 de Agosto de 2019}}</ref> De acordo com [[Pablo Villaça]], os estúdios gastam de 3 a 10 milhões de dólares com a campanha para o Oscar, sendo necessários US$ 850 mil apenas para o envio de cópias das obras para todos os votantes.<ref>{{citar web |título=OSCAR: Como funciona a cerimônia mais importante do cinema |url=https://www.ombrelo.com.br/cultura/oscar-como-funciona-a-cerimonia-mais-importante-do-cinema/ |publicado=Ombrelo |acessodata=27 de Agosto de 2019}}</ref> A campanha brasileira mais cara de que se tem conhecimento é a da obra ''[[O Que É Isso, Companheiro? (filme)|O Que É Isso, Companheiro?]]'' que investiu US$ 1 milhão em marketing e publicidade com o objetivo de conquistar a estatueta do Oscar.<ref name="campanha" /> Em 2008, o governo brasileiros criou através da [[Ancine]], o "Programa de Apoio ao Oscar" e, desde então, tem liberado recursos financeiros para serem usados nas campanhas de divulgação dos representantes brasileiros ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.<ref>{{citar web |título=Ancine cria programa de apoio para filmes indicados ao Oscar |url=https://www.nsctotal.com.br/noticias/ancine-cria-programa-de-apoio-para-filmes-indicados-ao-oscar |publicado=NSC Total |acessodata=27 de Agosto de 2019}}</ref>
 
== Controvérsias ==
56

edições