Diferenças entre edições de "Tião Carreiro"

6 bytes adicionados ,  00h27min de 9 de setembro de 2019
Desfeita a edição 56190889 de Bruno A. O. Cruz Júnior assunto discutido na página ao lado, de discussão
(Ele nasceu na comunidade do Rebentão no município de Tremedal, atual Monte Azul não em Montes Claros, com diz a biografia oficial.)
(Desfeita a edição 56190889 de Bruno A. O. Cruz Júnior assunto discutido na página ao lado, de discussão)
Etiqueta: Desfazer
| fundo = cantor_solo
| nome completo = José Dias Nunes
| origem = [[MonteMontes AzulClaros]] {{BR-MG}}
| país = {{BRA}}
| nascimento = {{nascimento|13|12|1934}}
| exintegrantes = <!-- Ex-integrantes do grupo/da banda -->
}}
'''José Dias Nunes''', conhecido como '''Tião Carreiro''' ([[MonteMontes Claros Azul]] , [[13 de dezembro]] de [[1934]]<ref>{{citar web|url=http://dicionariompb.com.br/tiao-carreiro|titulo=Tião Carreiro|data=|acessodata=15/08/2019|publicado=''Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira''|ultimo=|primeiro=}}</ref> - [[São Paulo (cidade)|São Paulo]], [[15 de outubro]] de [[1993]])<ref>{{citar web|url=http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa531172/tiao-carreiro|título=Tião Carreiro|website=Enciclopédia Itaú Cultural|dataacesso=03/05/2019}}</ref> foi um [[cantor]] e [[instrumentista]] [[brasil]]eiro de [[música sertaneja]] de raiz que influenciou muitas duplas com o seu estilo. Tião Carreiro foi o precursor do "Pagode", ritmo que ousou em criar com base na viola e em seu ponteado. As letras de seu pagode contemplam a magia da vida na roça e na labuta caipira.<ref name=":0">{{Citar periódico|ultimo=Amaral|primeiro=João Paulo|data=2016-06-16|titulo=A trajetória do violeiro Tião Carreiro: das primeiras duplas ao sucesso do criador do rei do Pagode|url=http://www.revistas.usp.br/revistadatulha/article/view/125299|jornal=Revista da Tulha|volume=2|numero=1|paginas=144–173|doi=10.11606/issn.2447-7117.rt.2016.125299|issn=2447-7117}}</ref>
 
== Morte ==
Utilizador anónimo