Diferenças entre edições de "Parentesco"

143 bytes removidos ,  00h06min de 16 de setembro de 2019
sem resumo de edição
(Eu apenas coloquei um traço maior depois de "primos quintos", ou vai querer reverter também seu leproso)
Etiqueta: Referências removidas
{{Mais notas|data=dezembro de 2018}}
'''Parentesco''' é a relação que une duas ou mais [[pessoa (biologia)|pessoas]] por [[Hereditariedade|vínculos genéticos]] ([[descendência]]/[[ascendência]]) ou sociais (sobretudo pelo [[casamento]] ou [[adoção]]).
 
O parentesco estabelecido mediante um [[ancestral]] em comum é chamado ''parentesco consanguíneo'', enquanto que o criado pelo casamento e outras relações sociais recebe o nome de ''parentesco por afinidade''.<ref>[http://www.soleis.adv.br/artigonocoesdeparentesco.htm Noções de parentesco]</ref> Chama-se de parentesco em linha reta quando as pessoas descendem umas das outras diretamente (filhofilhos, netonetos, bisnetobisnetos, trinetotrinetos etc), e parentesco colateral quando as pessoas não descendem uma das outras, mas possuem um ancestral em comum (irmãos, tios, primos, tios-avós, primos-tios, primos segundos, etc.)<ref>{{citar web|url=http://professor.pucgoias.edu.br/SiteDocente/admin/arquivosUpload/12035/material/Parentesco.pdf|titulo=Relações de Parentesco|data=|acessodata=10 de agosto de 2017|publicado=Pontifícia Universidade Católica de Goiás|ultimo=Fernandes|primeiro=Maria Cremilda Silva}}</ref>.
 
== Graus de parentesco no Brasil e em Portugal ==
[[File:Tabela de Parentescos.png|thumb|377x377px|Relações de parentesco em português. Os sistemas terminológicos de parentesco podem ser completamente diferentes de uma [[sociedade]] a outra. Dentro dessa classificação antropológica, o sistema lusófono corresponde ao sistema esquimal de parentesco.|alt=]]A lei brasileira ([[Código Civil brasileiro|Código Civil]], arts. 1594 e 1595) só considera como parentes colaterais até o quarto grau (sendo cada grau contado a partir do número de intermediários entre o ancestral em comum). Já o parentesco em linha direta não tem este limite. A tabela de parentesco também é muito importante para fins eleitorais.<ref>[http://miss.tse.jus.br/eleicoes/elei2002/parentesco.htm Tabela de graus de parentesco], visitada em 21 de outubro de 2014</ref>
 
Popularmente, os primos reconhecidos pela lei (parente em quarto grau) são chamados de "'''primo de primeiro grau"'''. A partir daí, todos os outros primos são chamados de primos de 2º, 3º, 4º grau, etc. Por exemplo, oos filhoprimos do primopais ésão chamadochamados de primo-sobrinho e o primo do pai é chamado de primo'''primos-tiotios''', sendo os dois filhos de dois primos diferentes primos de terceiro grau entre si, e assim por diante. Mas as definições variam de pessoas para pessoas. Há quem considere desta maneira:
* Irmãos — são os que têm os mesmos2 paisgenitores em comum.
* Primos (filhos dos tios) — são os que têm os mesmosdois avós (paternosmaternos ou maternospaternos) em comum.
* Primos segundos (filhos dos primos-tios) — são os que têm os mesmosdois bisavós (basta apenas um casal de bisavós) em comum.
* Primos terceiros (filhos dos primos-tios segundos) — são os que têm os mesmosdois trisavós (basta também um casal de trisavós) em comum.
* Primos quartos (filhos dos primos-tios terceiros) — são os que têm os mesmosdois tetravós (também basta um casal) em comum.
* Primos quintos (filhos dos primos-tios quartos) — são os que têm os mesmosdois pentavós (um casal também basta) em comum.
* Meios-irmãos — são os que têm um genitor em comum.
* Meios-primos (filhos dos meios-tios) — são os que têm um dos avós em comum.
* Duplos-primos ou primos-duplos (filhos dos tios maternos com os tios paternos) — são os que têm os 4 avós em comum.
 
Os filhos dos primos nesse caso seriam os "primos intermediários" (1 grau e meio, 2 graus e meio, 3 graus e meio), ou para outras pessoas são sobrinhos em segundo grau e para outras pessoas são '''primos-sobrinhos'''.
 
Portanto, as definições são consideradas corretas. Os netos dos irmãos são chamados de '''sobrinhos-netos''', os irmãos dos avós são os '''tios-avós'''. Os netos dos primos são chamados de "'''primos-sobrinhos-netos"''' e os primos dos avós são chamados de "'''primos-tios-avós"'''.
Para outras pessoas, sobrinhos em segundo grau são netos de seus irmãos, o mesmo que "sobrinhos-netos". Portanto, as definições e interpretações variam muito e todas podem ser consideradas corretas, embora nenhuma delas seja exatamente oficial, ou legal. Fora da esfera legal, a questão de consideração de parentesco varia de acordo com a percepção individual de cada um.
 
Os netos dos primos são chamados de "primos-sobrinhos-netos" e os primos dos avós são chamados de "primos-tios-avós".
 
Segundo estudo recentes, primos de 3º e 4º grau teriam uma taxa de [[fertilidade]] maior do que pessoas não consanguíneas.<ref>[http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/02/080208_filhosprimosestudo_np.shtml Casais de primos de 3º e 4º grau têm mais filhos, diz estudo]</ref>
Paralelamente, existem os grau canónicos de parentesco, que são diferentes. Aqui, conta-se um grau por geração, a partir do tronco comum. Assim, os irmãos são parentes do 1º grau de consanguinidade, os primos-direitos do 2º grau, os primos segundos do 3º grau e assim sucessivamente. No caso de haver diferença de geração, diz-se que são parentes ''dentro'' do grau sênior. Assim, por exemplo, tio e sobrinho são parentes dentro do 1º grau.
 
No Brasil, o vínculo de parentesco por afinidade entre sogra e genro não se desfaz com o rompimento do vínculo matrimonial que o constituiu. Desta forma, ainda que um homem se separe de uma mulher legalmente, permanecerá legalmente tendo a mãe de sua ex-esposa como sua sogra,<ref>art. 1595, § 2º, CC</ref> inexistindo, em nível legal, o termo "'''ex-sogra"'''. Vale afirmar que afinidade não gera afinidade, ou seja, o marido de sua cunhada (irmã da sua esposa) não é seu parente. O mesmo vale para os colaterais.[[File:Graus de Parentesco.jpg|thumb|499x499px|Relações de parentesco numa árvore genealógica.|alt=]]
 
===São parentes<ref>{{Citar web|url=http://uj.novaprolink.com.br/doutrina/2098/os_parentes_e_a_lei|titulo=Os Parentes e a Lei - Doutrinas UJ|acessodata=2016-11-08|obra=uj.novaprolink.com.br}}</ref>===
====Por [[consanguinidade]] ou por [[adoção]] legal====
* [[Pai]], [[mãe]] e [[filho]]s (em primeiro [[grau]])
* [[Irmão]]s, [[avós]] e [[neto]]s (em segundo [[grau]])
* Primos segundos, primos-tios-avós, primos-sobrinhos-netos, tios-trisavós, sobrinhos-trinetos, pentavós e pentanetos (em sexto [[grau]])<ref>[http://assisbrasil.org/joao/tabua.htm Tábua de parentesco]</ref>
 
====Por afinidade====
* [[Sogro]], [[sogra]], [[genro]] e [[nora]] (1º grau)
* [[Padrasto]], [[madrasta]] e [[enteado]]s (1º grau)