Abrir menu principal

Alterações

→‎Alimentação e síntese proteica: Organização de conteúdo: transferência de conteúdo relacionado a vegetarianos para hábitos alimentares.
 
De acordo com a American Dietetice, as proteínas devem representar cerca de 15% do total da dieta diária de uma pessoa. É muito difícil um indivíduo desenvolver uma deficiência proteica, mas pode acontecer, ingerindo uma quantidade insuficiente de alimentos, tanto de origem animal quanto de origem vegetal, ou ingerindo quantidades de [[açúcar]] e [[álcool]] muito altos, pois ambos são grandes fontes de [[caloria]]s, pobres em nutrientes e não contêm proteína em suas composições.
 
Para indivíduos [[omnívoros]] e [[Vegetarianismo|ovolactovegetarianos]], a deficiência se torna ainda mais difícil, pois a proteína animal possui grande quantidade dos aminoácidos essenciais para o nosso organismo. Entretanto, o vegetariano restrito de qualquer alimento animal, ou seja, o [[Veganismo|vegan]], pode conseguir todo o suprimento proteico necessário a partir de uma dieta vegetariana. A [[soja]] é o alimento vegetal que possui todos os aminoácidos essenciais ao nosso organismo.
 
A dieta vegetariana possui um menor conteúdo proteico do que uma dieta baseada em carne, entretanto isso não é uma desvantagem. Estudos comprovam que o consumo excessivo de proteínas pode ocasionar [[Cálculo renal|cálculos renais]], [[osteoporose]] e um aumento do [[colesterol]], pois a proteína animal é rica em gorduras. Portanto, uma dieta rica em legumes, grãos, frutas e vegetais tem proteínas suficientes para uma dieta saudável.
<ref>{{citar web |url=http://www.saudeintegral.com/artigos/onde-encontrar-a-proteina-vegetal.html |publicado=Saudeintegral.com |autor= |obra= |título= |data= |acessodata= |língua= }}</ref>
 
== Hábitos alimentares ==
54

edições