Diferenças entre edições de "Shaka Zulu"

2 bytes removidos ,  12h23min de 23 de setembro de 2019
m
→‎Sucessor de Senzangakhona: Remoção de caracteres perdidos no meio do texto
(Desfeita a edição 56309527 de João Vítor Sales da Cunha/ Sem fontes)
Etiqueta: Desfazer
m (→‎Sucessor de Senzangakhona: Remoção de caracteres perdidos no meio do texto)
Filho orfão e ilegítimo de Senzangakhona, chefe do clã zulu dos [[nguni]], Shaka e a mãe foram banidos da sua ''umuzi'' (aldeia), e forçados a viver no exílio entre os [[mtetwa]], na altura do reinado de [[Dingiswayo]].<ref>See ''[[Encyclopædia Britannica]]'' article (Macropaedia Article "Shaka" 1974 ed.)</ref>
 
Quando Senzangakhona faleceu em 1816, o meio irmão mais novo de Shaka, Sigujana, assumiu o poder como herdeiro legítimo da liderança dos Zulu. No entanto, o reinado de Suguajana foi curto, visto que Dingiswayo [[desejava expandir sua autoridade, e concedeu a Shaka um regimento para que levassem Dingiswayo a morte. Assim foi feito, em um golpe relativamente limpo que foi efetivamente aceite pelos zulus.{{sfn|Omer-Cooper|1966|p=30}}
 
== Expansão do poder e o conflito com Zwide ==