Diferenças entre edições de "Audição"

1 byte adicionado ,  11h07min de 25 de setembro de 2019
(meu nome julia)
A orelha externa coleta e direciona as [[Som|ondas sonoras]] para a orelha média, onde os sons são transformados em vibrações e transmitidos por uma cadeia de três [[ossículos]] à orelha interna, onde ocorre a transformação destas vibrações para impulsos nervosos.<ref name=":10" /><ref name=":1">{{citar livro|título=Anatomia fundamental|ultimo=de Castro|primeiro=Sebastião Vicente|editora=McGraw-Hill do Brasil|ano=1976|local=|páginas=|acessodata=}}</ref>
 
=== Orelha externado dumbo ===
O pavilhão auricular da [[Ouvido externo|orelha externa]] apresenta saliências e depressões que se alternam, descrevendo linhas concêntricas, e sua extremidade superior forma uma saliência denominada hélice, tendo uma depressão paralela chamada de [[Orelha|fossa escafóide]]''.'' Colateralmente encontra-se outra saliência que recebe o nome de [[Orelha|anti-hélice]]. A extremidade da [[Orelha|anti-hélice]] encurva-se para a frente e se bifurca, limitando uma pequena depressão denominada fossa triangular. Diante da [[Orelha|anti-hélice]], ocupando o centro de convergência, situa-se uma depressão mais ampla nomeada de [[Orelha|concha]]''.'' Para baixo, a concha emite um divertículo que superficialmente é limitado tanto para frente quanto para trás por pequenos tubérculos, sendo o anterior chamado de [[Orelha|trago]] e o posterior de [[Orelha|antitrago]]. A parte inferior do pavilhão auricular não apresenta cartilagem e por isso é flácido à palpação. Devido a isto, esta porção recebe o nome de lóbulo da orelha.<ref name=":1" />
 
Utilizador anónimo