Diferenças entre edições de "Azeótropo"

Sem alteração do tamanho ,  20h36min de 29 de setembro de 2019
Erros na teoria
(Erros na teoria)
Misturas comuns não têm ponto de ebulição constante, mas sim uma faixa de temperaturas na qual ocorre a mudança de fase, e nesse sentido o '''azeótropo''' é diferente, pois seu ponto de ebulição é fixo.
 
Este pode ferver a uma temperatura inferior, intermediária ou superior às temperaturas dos componentes da mistura quando puros. Quando é inferior, chama-se ''azeótropo de mínimo'' ponto de ebulição ou ''azeótropo negativopositivo''. Quando é superior, ''azeótropo de máximo'' ponto de ebulição ou ''azeótropo positivonegativo''. Isto se deve por desvios da [[lei de Raoult]], que ocorrem por causa das fortes forças de atração entre as moléculas do composto. No desvio negativo, a atração entre moléculas diferentes são mais fracas do que nas iguais, e no positivo, a força de atração das moléculas dos componentes são mais fortes do que entre moléculas idênticas<ref>Soares, Bluma Guenther; Souza, Nelson Ângelo; Pires, Dario Xavier. ''Química Orgânica: Teoria e Técnicas de Preparação, Purificação e Identificação de Compostos Orgânicos'', Rio de Janeiro: Editora Guanabara S.A., 1988</ref>.
 
Outra característica de um azeótropo é que a composição do líquido azeótropo e do vapor em equilíbrio com tal líquido é a mesma. Por exemplo, se um azeótropo é composto de duas substâncias, A e B, com proporções respectivas de 60% e 40%, quando vaporizado resulta em um vapor com os mesmos 60% de A e 40% de B.