Diferenças entre edições de "Cohousing"

10 bytes removidos ,  15h57min de 6 de outubro de 2019
m
v2.02b - Corrigido usando WP:PCW (Link igual ao texto do link)
m (v2.02b - Corrigido usando WP:PCW (Link igual ao texto do link))
 
== Origens ==
A moderna teoria do cohousing se originou na [[Dinamarca|Dinamarca,]], na década de 1960, entre grupos de [[Família|famílias]] que estavam insatisfeitas com a habitação e as comunidades existentes que, segundo eles, não atendiam às suas necessidades. Bodil Graae escreveu um artigo de jornal intitulado "As crianças deveriam ter cem pais", <ref>Graae, Bodil. "Børn skal have Hundrede Foraeldre", "Politiken" [Copenhagen], April 1967.</ref> estimulando um grupo de 50 famílias a se organizar em torno de um projeto comunitário em 1967. Esse grupo desenvolveu o projeto de cohousing Sættedammen, que é a mais antiga comunidade moderna de cohousing conhecida. . Outro organizador importante foi Jan Gudmand Høyer, que se inspirou em seus estudos de arquitetura em Harvard e na interação com comunidades experimentais dos EUA na época. Ele publicou o artigo "O elo perdido entre a utopia e a casa unifamiliar datada" <ref>Gudmand-Høyer, Jan. "Det manglende led mellem utopi og det foraeldede en familiehus." "Information" 26 June 1968</ref> em 1968, convergindo para um segundo grupo.
 
O termo dinamarquês ''bofællesskab'' (comunidade viva) foi introduzido [[América do Norte|na América do Norte]] como ''cohousing'' por dois [[Arquiteto|arquitetos]] americanos, Kathryn McCamant e Charles Durrett, que visitaram várias comunidades de cohousing e escreveram um livro sobre o assunto.<ref name="McCamant, Kathryn 1994">McCamant, Kathryn; Durrett, Charles. "Cohousing: A Contemporary Approach to Housing Ourselves." Berkeley, Ca.: Ten Speed Press, 1994.</ref> O livro repercutiu em algumas comunidades existentes e em formação, como Sharingwood, no estado de Washington, e N Street, na Califórnia, que adotaram o conceito de cohousing como uma cristalização do que eles já tratavam. Embora a maioria dos grupos de cohousing busque desenvolver comunidades multigeracionais, alguns se concentram na criação de comunidades seniores. Charles Durrett mais tarde escreveu um manual sobre a criação de cohousing sênior. <ref name="Durrett, Charles 2009">Durrett, Charles. "Senior Cohousing: A Community Approach to Independent Living." Gabriola Island, B.C.: New Society Publishers, 2009.</ref> A primeira comunidade nos Estados Unidos a ser projetada, construída e ocupada especificamente para cohousing é o Muir Commons em Davis, Califórnia. <ref>{{Citar livro|título=Cohousing: A Contemporary Approach to Housing Ourselves|ultimo=McCamant|primeiro=Kathryn|ultimo2=Charles Durrett|ultimo3=Ellen Hertzman|isbn=0-89815-539-8}}</ref> <ref>{{Citar livro|título=Rebuilding Community in America: Housing for Ecological Living, Personal Empowerment, and the New Extended Family|ultimo=Norwood|primeiro=Ken|ultimo2=Kathleen Smith|isbn=0-9641346-2-4}}</ref> Kathryn McCamant e Charles Durrett foram responsáveis pela programação e pelo design do plano do local, casa comum e casas particulares.