Diferenças entre edições de "Maldição do faraó"

3 bytes adicionados ,  05h34min de 12 de outubro de 2019
Depoimento de sua neta, Patricia Leatham: ''"No momento em que ele morreu, toda a luz do Cairo se apagou e, naquela época, todos os serviços públicos do Cairo eram administrados pelo exército britânico e não havia meios de eles religarem a energia. Não encontraram motivos para a energia ter acabado. Vinte minutos depois a energia foi restaurada. A pequena [[fox terrier]] de Carnavon, Suzie, estava dormindo em sua cesta no quarto de sua governanta, no castelo de Carnavon na Inglaterra. E no mesmo momento em que Carnavon morreu, Suzie sentou em sua cesta, uivou e morreu"''.<ref name = "patricia"/>
 
<ref>{{Citar web|url=http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI264410-EI1728,00.html|titulo=Maldição de tumba de Tutancâmon é desmentida -|acessodata=2018-06-30|obra=noticias.terra.com.br|lingua=pt-br}}</ref>Um estudo feito pelo epidemiologista Mark Nelson que comprova que a maldição da múmia ,<ref>{{citar livro|título=O Egito de Tutancâmon|ultimo=Lopes|primeiro=Reinaldo José|editora=Abril|ano=2008|local=|páginas=8|acessodata=30/06/2018}}</ref> foi uma mentira inventada por Howard Carter e seu mecenas.<ref>{{Citar web|url=http://noticias.terra.com.br/ciencia/interna/0,,OI264410-EI1728,00.html|titulo=Maldição de tumba de Tutancâmon é desmentida -|acessodata=2018-06-30|obra=noticias.terra.com.br|lingua=pt-br}}</ref> Tudo para que ninguém ousasse roubar nada de riquíssima tumba do rei. Deu certo.
 
=== Morte de Charriel Manson (estudante de história da arte) ===