Tronco Principal Sul: diferenças entre revisões

173 bytes adicionados ,  21h36min de 20 de outubro de 2019
Trechos
(Melhorias no artigo.)
(Trechos)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição via aplic. móvel Edição via aplic. iOS
 
=== Trecho Norte ===
De construção mais recente (na [[década de 1970]]), este trecho ligase ainicia na divisa dos estados de São Paulo- e Paraná, na Estação [[Pinhalzinho (São Paulo)|Pinhalzinho]] (SP) ({{Coord|24|23|55|S|49|15|00|W}}), fim da antiga malha paulista da [[Fepasa]], e segue comaté a Estação Uvaranas ({{Coord|25|05|00|S|50|06|33|W}}) na cidade de [[Ponta Grossa]] ([[Paraná|PR]]),. eEste substituisubstituiu o trecho antigoda antiga [[Estrada de Ferro São Paulo-Rio Grande]] que ligava [[Itararé]] (SP) ({{Coord|24|07|10|S|49|20|20|W}}) a Ponta Grossa.
 
=== Trecho Central ===
 
=== Trecho Sul ===
Compreende o trecho que num sentido estrito constitui-se o Tronco Principal Sul, visto que: possui sequência quilométrica iniciando em zero na Estação de Mafra; não substitui trechos paralelos a este, previamente existentes; não há sobreposição com outras ferrovias. Entre os anos de 1963 e 1965, foi inaugurado o trecho entre as cidades de [[Mafra (Santa Catarina)|Mafra]] e [[Lajes|Lages]] (SC) (daí o nome da [[Linha Mafra-Lajes|Linha Mafra-Lages]]). Entre os anos de 1967 e 1969, foram entregues os trechos ligando Lages (SC) a [[Roca Sales]] (RS). Foram construídos pelo Exercito Brasileiro por meio do então 3º Batalhão Rodoviário que tinha sede em Rio Negro - PR. Hoje o 3º Batalhão Rodoviário se chama 2º Batalhão Ferroviário, com sede em Araguari - MG.
 
Entre os anos de 1963 e 1965, foi inaugurado o trecho entre as cidades de [[Mafra (Santa Catarina)|Mafra]] e [[Lajes]] (SC). Entre os anos de 1967 e 1969, foram entregues os trechos ligando Lages (SC) a [[Roca Sales]] (RS). Todo o trecho foi construído pelo [[Exercito Brasileiro]] por meio do então 3º Batalhão Rodoviário, que tinha sede em Rio Negro (PR). Em 1965, o 3º Batalhão Rodoviário foi transferido para [[Araguari]] (MG), onde passou a chamar 2º Batalhão Ferroviário (conhecido com Batalhão Mauá).
 
A construção do Trecho Sul exigiu um grande esforço de engenharia, visto que apresenta o [[relevo (geografia)|relevo]] bastante ondulado, com muita diferença de altitude ao longo do percurso. O percurso possui 74 [[túnel|túneis]]. O trecho que atravessa o estado de Santa Catarina apresenta altitudes superiores a 1200 m próximo a [[Santa Cecília (Santa Catarina)|Santa Cecília]] e apresenta 37 túneis. No estado do Rio Grande do Sul são outros 37 túneis, sendo o primeiro o Túnel 38, próximo ao [[Rio Pelotas]] e o último o Túnel 74, próximo à Estação de [[Roca Sales]], onde a [[Ferrovia do Trigo]] interliga-se ao Tronco Principal Sul. De [[Roca Sales]] a ferrovia segue até seu ponto final na Estação General Luz, onde se entronca com a [[Linha Porto Alegre-Uruguaiana]] ({{Coord|29|54|05|S|51|23|30|W}}), na [[Região Metropolitana de Porto Alegre]].
Utilizador anónimo